Menu
terça, 28 de setembro de 2021
Liderança indesejada...

Ouvidoria do Ipem-SP divulga ranking de reclamações de janeiro a julho

Adaptador de plugue e tomada liderou o número de reclamações com maior incidência (100%) de reprovações

12 Ago 2021 - 07h00Por Redação
Adaptador de plugue e tomada liderou o número de reclamações com maior incidência (100%) de reprovações - Crédito: Alexandre Almeida/IPEMAdaptador de plugue e tomada liderou o número de reclamações com maior incidência (100%) de reprovações - Crédito: Alexandre Almeida/IPEM

A Ouvidoria do Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), autarquia do Governo do Estado, vinculada à Secretaria da Justiça, e órgão delegado do Inmetro, divulga o ranking de reclamações sobre produtos, serviços e instrumentos de medição referente ao período de janeiro a julho deste ano.

No período, foram 1.450 atendimentos. Desses, 755 estão efetivamente relacionadas a sugestões, solicitações, e busca de informações, 695 sobre produtos, serviços e instrumentos de medição, 418 casos foram fiscalizados e concluídos e 277 se encontram em andamento. Entre os fiscalizados, 123 foram reprovados. 

Adaptador de plugue e tomada liderou o número de reclamações com maior incidência (100%) de reprovações. Apesar da liderança de reclamações, 441 registradas, ter sido em bombas de combustíveis, apenas 61 (19,6%) eram procedentes. 

Segurança em aparelhos eletrodomésticos esteve nos destaques do ranking, com 44 denúncias, sendo 11 (735) procedentes, assim como dispositivos elétricos de baixa tensão, entre eles, conectores, lâmpadas, luminárias e extensão elétrica do tipo enrolada, com 27 reclamações, 12 procedentes, o que representou 75%

Balanças, brinquedos, dispenser de GNV, inspeção técnica de manutenção de extintores de incêndio, fios, cabos e cordões flexíveis elétricos, bebedouros, lâmpadas LED, produtos têxteis, colchões, carne bovina, extintores de incêndio, entre outros, foram denunciados. No entanto, não foram reprovados após fiscalização e perícia, produtos têxteis, colchões e extintores de incêndio.

O procedimento para o cidadão reclamar é simples. Ao suspeitar de uma possível irregularidade contra o consumidor entre em contato com a Ouvidoria que atende, registra e faz o encaminhamento da solicitação para a área técnica realizar a fiscalização dos produtos ou instrumentos reclamados. Após a verificação, os resultados são encaminhados para Ouvidoria que se encarrega de transmitir a informação para o cidadão.  

No mesmo período em 2020, a Ouvidoria do Ipem-SP registrou 2.520 atendimentos com grau de satisfação da população de 95%. De janeiro a dezembro de 2020, foram registrados 3.748 atendimentos com grau de satisfação da população de 93,3% 

Confira o ranking de atendimentos, acesse http://www.ipem.sp.gov.br/images/00transparencia/OUV/ranking.pdf  Mais informações sobre a Ouvidoria do Ipem-SP, acesse http://www.ipem.sp.gov.br/index.php/ipem-sp/ouvidoria

Dúvidas, sugestões ou reclamações sobre este e outros assuntos do Ipem-SP podem ser feitas pelo telefone da Ouvidoria: 0800 013 05 22, de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou por meio do e-mail ouvidoria@ipem.sp.gov.br.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias