quinta, 27 de janeiro de 2022
Estado

“Dia do Policial Rodoviário" é comemorado nesta segunda-feira (10)

O Policiamento Rodoviário, segmento especializado da Polícia Militar do Estado de São Paulo, comemora neste dia 10 de janeiro seus 74 anos de criação e o Dia do Policial Militar Rodoviário.

10 Jan 2022 - 14h24Por Redação São Carlos Agora
Policial militar rodoviário - Crédito: divulgaçãoPolicial militar rodoviário - Crédito: divulgação

Aos “10 de janeiro de 1948”, surgia a Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo, sendo então a realização do sonho e o ideal de um homem, o 1º Comandante, Tenente PM José de Pina Figueiredo.

 A partir de 1962, seus componentes passaram a integrar a então Força Pública do Estado de São Paulo, sob a denominação de Corpo de Policiamento Rodoviário. Hoje, além de sua sede, o Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv) conta com seis Batalhões de Polícia Rodoviária.

São aproximadamente 22 mil km de rodovias guarnecidas diuturnamente pelo CPRv, com o mesmo afinco dos pioneiros do final da década de 40, de modo a honrar o compromisso organizacional com a defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana, por meio de ações com foco na segurança pública e viária.

A data de 10 de janeiro, também, contempla a comemoração do Dia do Policial Militar Rodoviário, instituído para relembrar a história do Policiamento Rodoviário, por meio do projeto de lei de iniciativa do Deputado Estadual Gil Lancaster, como forma de valorizar seus profissionais que se empenham diuturnamente para a garantia de um trânsito e de rodovias mais seguras.

De modo a trazer mais efetividade no desenvolvimento das ações, o Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), por meio de suas Unidades Operacionais, em alinhamento à Segunda Década de Ação pela Segurança no Trânsito, definida para os anos de 2021 a 2030, buscará, por meio da fiscalização e da educação para o trânsito, contribuir para que a meta de redução – ao menos de 50% de lesões e mortes no trânsito – seja alcançada, mitigando os erros intencionais e focando sua atuação em comportamentos de risco.

“Alinhado ao Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (PNATRANS), instituído pela Lei n.º 13.614, de 11 de janeiro de 2018, o CPRv também incorpora em suas ações o conceito “Visão Zero”, tendo como premissa básica que o erro humano é inevitável, mas as mortes e ferimentos graves no trânsito não são, com base na compreensão mais profunda das causas das fatalidades e das lesões”, diz a nota distribuída nesta segunda-feira pela Polícia Rodoviária. Ela tem o seu complemento em forma de compromisso com a sociedade: “Nós, Policiais Militares, sob a proteção de Deus, estamos compromissados com a Defesa da Vida, da Integridade Física e da Dignidade da Pessoa Humana.”

A prevenção criminal também é alvo de destaque no âmbito desta corporação especializada pois, somente no ano de 2021, mais de 164.5 toneladas de drogas foram apreendidas nas rodovias paulistas, maior patamar de toda a série histórica. Ainda, no mesmo ano, foram apreendidos 20,3 milhões de maços de cigarros e 260 armas de fogo, além de 3.916 pessoas presas em flagrante pelos mais diversos crimes. (RCIA)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Últimas Notícias