Menu
quarta, 23 de setembro de 2020
Estado

Apesar de tráfego intenso, rodovias paulistas registram queda de mortes e de acidentes no feriado

Cerca de 6,8 milhões de veículos viajaram entre os dias 3 e 7 de setembro. Neste ano, o feriado foi prolongado e, mesmo assim, houve menos mortes nas estradas - em 2019 o 7 de Setembro caiu num sábado

09 Set 2020 - 15h58Por Artesp
Apesar de tráfego intenso, rodovias paulistas registram queda de mortes e de acidentes no feriado - Crédito: Eixo SP Crédito: Eixo SP

Mesmo com o registro de tráfego intenso nas rodovias paulistas, o Governo de SP contabilizou menos mortes (- 7,4%) e menos acidentes (- 15,4%) no feriado de 7 de Setembro na comparação com 2019.

Neste ano, DER e Artesp registraram 25 mortes nas estradas, ante 27 no ano passado, e 757 acidentes, contra 895 em 2019. A comparação abrange 5 dias entre 3 e 7 de setembro deste ano e 5 e 9 do mesmo mês de 2019, quando o feriado caiu num sábado - mesmo com o feriado prolongado agora, houve menos mortes e acidentes.

Somente nas rodovias administradas pelo DER, houve redução de 13,7% no total de acidentes e 53,8% no número de vítimas fatais.

De acordo com o secretário estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, os números reforçam a principal preocupação do Governo de São Paulo, que é garantir a segurança dos usuários. "Todos os projetos desenvolvidos na Secretaria junto com a Artesp têm esse objetivo. Manter a qualidade das rodovias, a boa sinalização, além de campanhas educativas permanentes", afirma.

"A ARTESP, em parceria com as 20 concessionárias reguladas, realizou trabalho de conscientização dos usuários das rodovias, por meio de frases nos painéis móveis sobre o risco do contágio de Covid-19, e de informação sobre as condições das pistas através das redes sociais e plataformas para garantir a segurança", afirma o diretor-geral da Artesp, Milton Persoli. "Nossas equipes foram reforçadas no feriado prolongado", completou o superintendente do DER, Paulo Tagliavini.

Movimentação nas estradas

Passaram pelas rodovias 6,786 milhões de veículos neste ano ante 6,761 milhões de 2019, de acordo com os dados coletados pela Secretaria Estadual de Logística e Transportes (SLT), por meio do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) e Polícia Rodoviária Estadual - que esteve presente com todo o efetivo operacional nos mais de 22.000 km de rodovias estaduais.

O aumento mais expressivo, dentre as rodovias administradas pelo DER, se deu na Mogi-Bertioga com 71,6% de veículos a mais do que em 2019.

Rodovias Concedidas

No sistema de rodovias que integram o Programa de Concessões Paulista houve redução de 3,2% no fluxo de veículos no período de 3 a 7 de setembro deste ano em comparação a 5 a 9 de setembro de 2019. No Sistema Anhanguera-Bandeirantes, passaram 2.043 milhões de veículos de 3 a 7 de setembro nas praças de pedágio próximas à capital, resultando em redução de 12,1% dos veículos em ambos os sentidos neste feriado quando comparado ao período de 5 a 9 de setembro de 2019.

Na rodovia Castello Branco (SP 280), principal eixo de ligação para a região Oeste do Estado, de 3 a 7 de setembro passaram aproximadamente 1.596 milhão de veículos nas praças de pedágio de Itu e Itupeva - redução de 11,3 % no fluxo de veículos em ambos os sentidos, quando comparado ao período de 5 a 9 de setembro passado.

No Sistema Anchieta-Imigrantes, que dá acesso às praias do litoral sul e à Baixada Santista, um volume total de 634 mil veículos leves e pesados trafegaram no sistema de 3 a 7 de setembro deste ano - aumento de 20,7% em relação ao período de 5 a 9 de setembro de 2019.

Para a concessão da Ecopistas, que administra as rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto, houve a passagem de aproximadamente 1.053 milhão de veículos de 3 a 7 de setembro nas praças de pedágio do sistema - aumento de 6,1% quando comparado ao período de 5 a 9 de setembro do ano passado.

Na Rodovia dos Tamoios, ligação com o litoral norte, houve um registro de 315 mil veículos nas praças de pedágio em ambos os sentidos de 3 a 7 de setembro - aumento de 67,4% em relação a 5 a 9 de setembro de 2019.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias