Menu
quinta, 15 de abril de 2021
Esportes

Vai-Vai e Raça garantem os últimos títulos da Taça Paulista

29 Nov 2017 - 03h46Por Gustavo Curvelo (colaborador)
Grêmio sub16 teve a melhor campanha em campo, mas “tapetão” tirou equipe na final. Foto: Gustavo Curvelo/Divulgação - Grêmio sub16 teve a melhor campanha em campo, mas “tapetão” tirou equipe na final. Foto: Gustavo Curvelo/Divulgação -

A segunda edição da Taça Paulista, base e profissional, está concluída. Promovida pela Liga de Futebol Nacional, a competição, que reúne um agregado de mais de 80 equipes em cinco categorias e tem o Grêmio Sãocarlense como o único representante de São Carlos, terminou no último final de semana com o título da Vai-Vai no torneio profissional, além da conquista do Raça no Sub-16.

Entre os adultos, o Alvinegro do Samba, como é popularmente conhecida a equipe paulistana, vingou sua eliminação na semifinal da temporada anterior e garantiu a taça frente o Raça, de Hortolândia, após empatar as duas partidas e levar o caneco pelo critério da melhor campanha.

No primeiro duelo, realizado no Estádio Tico Breda e sob mando do Raça, o placar ficou inalterado. Depois, na partida da volta, o empate em 1 a 1 no Estádio Francisco Marques Figueira, em Suzano, consolidou ao time alvinegro o título invicto, em um total de 11 confrontos disputados.

Na trajetória dos campeões, aliás, estava o Grêmio Sãocarlense. Na primeira fase, o Lobão da Central recebeu os paulistanos em duelo válido pela segunda rodada, e empatou em 0 a 0. Na oportunidade, o time do treinador Vardão Garbuio não conseguiu a vitória por poucos centímetros, visto que Luquinha acertou o travessão em cabeceio nos acréscimos da segunda etapa.

CAMPEÃO SUB16 FOI GOLEADO PELO GRÊMIO EM CASA
Já na Taça Paulista sub16, melhor para o Raça. Na final, os hortolandenses bateram o Jalesense pela contagem mínima, fora de casa, e ficaram com o troféu.

Ao longo da trajetória dos alaranjados, no entanto, não faltaram oscilações. Logo na primeira rodada, a agremiação recebeu o Grêmio Sãocarlense e foi goleada por 5 a 0 pelos comandados de Valdir Robles, em casa. No segundo turno, o Lobão tornou a vencer, desta vez em São Carlos, por 1 a 0.

As equipes voltaram a se enfrentar no campo Chico Preto na semifinal, mas o árbitro Marcos Roberto Boiane encerrou a partida aos 15 minutos do segundo tempo alegando segurança, quando o placar apontava 2 a 2 e dava ao conjunto gremista a vaga na final. Na interpretação do Tribunal de Justiça Desportiva, porém, o time de Hortolândia levou a melhor e se classificou no "tapetão".

O fato não apagou a campanha gremista, que detentora de oito vitórias e um empate em campo, ficou com o melhor retrospecto geral ao somar 25 pontos. Ao todo, o Lobão marcou 35 gols e sofreu quatro, credenciando-se como favorito ao título dentro das quatro linhas.

Além disso, a Taça Paulista já havia conhecido o Jalesense como campeão do torneio sub12, enquanto a Vai-Vai conquistou o primeiro lugar na competição Sub-14. Por fim, o Caieiras garantiu seu título no campeonato sub19 de maneira invicta, ao acumular nove vitórias e dois empates.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias