Menu
segunda, 19 de abril de 2021
Esportes

Talentosa, são-carlense ambiciona voos altos e estreia na Copa São Paulo

Nadadora Valentine Amaral, com apenas 11 anos, evolui e é um dos destaques da equipe LCN/Aquário Fitness

05 Out 2017 - 13h05
Foto: Marcos Escrivani - Foto: Marcos Escrivani -

Apenas 11 anos e compete na categoria Petiz 1. Contudo, determinada, articulada para a idade, simpática e com uma dose compreensível de ambição. Que todo atleta possui. Sonhadora, mas realista a ponto de saber que é obrigada a deixar divertimentos para cumprir suas obrigações e metas.

Assim é Valentine Lorena Ferrarini do Amaral. Aluna do 6º ano do Ensino Básico na Escola Estadual João Jorge Marmorato, no Conjunto Residencial Castelo Branco, integra a LCN/Aquário Fitness, que tem o apoio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Smel) e da Fundação Educacional São Carlos (Fesc).

Filha do segurança Valmir do Amaral e da professora Vanessa de Cássia Ferrarini do Amaral, Valentine tem como irmã, Vitória, de 16 anos, a quem deve sua ida à natação. "Minha irmã nadava e eu acabei seguindo os passos dela".

Portanto, há três anos, começou a praticar a natação e este ano, após vários torneios regionais, chegou seu primeiro grande desafio e estará presente na Copa São Paulo para atletas não vinculados, cujas provas acontecem em Bauru.

ADMIRAÇÃO PELA NATAÇÃO

"Agora, eu adoro a água. Depois que comecei a treinar, percebi que tinha aptidão, possibilidade de competir. E me sinto feliz na piscina. Gosto de nadar e admiro os atletas".

Com esta frase Valentine expressou seus sentimentos pela modalidade esportiva que escolheu. E se mostra feliz. Na LCN/Aquário Fitness tem amigas na mesma categoria, mas consciência que são adversárias na hora de nadar. Mas isto não impede que seus sonhos voem bem longe.

"Sou nova. Tenho o futuro pela frente. Mas quero dar um passo de cada vez. Já disputei torneios regionais e agora tenho pela frente a Copa São Paulo. Sonho em disputar o Paulista, Brasileiro. Quem sabe um Mundial e até as Olimpíadas. Mas antes quero chegar a um grande clube brasileiro. O Pinheiros, o Corinthians. A certeza é que irei nadar sempre, mas sem abandonar os estudos. Dá para estudar e treinar sim", disse.

TRABALHO EM EQUIPE

Na LCN/Aquário Fitness, seu nome foi abreviado. É apenas Tine. Justamente por trabalhar em equipe se sente com mais responsabilidade. Mas garante ter mais disposição.

Todavia, afirma que, para dedicar-se aos estudos e à natação, muitas vezes deixa de fazer atividades que tem prazer. "É que eu penso no meu futuro. E lá na frente vem a recompensa. Mas tudo junto com os estudos. Mas hoje, tenho que me dedicar, trabalhar em equipe. Ajudar para também ser ajudada. Acredito que ao final de uma competição, se um se destaca, a equipe é que a grande vencedora. Então é importante trabalhar unidos", disse, com sabedoria.

QUE VENHA A COPA SÃO PAULO

Citar Copa São Paulo faz os olhos de Tine brilharem. Ela compete pela primeira vez em um torneio estadual. Portanto, adversárias mais experientes e qualificadas. Um desafio complicado para a são-carlense.

Entretanto, ela não se mostra intimidada. Pelo contrário. "Poxa! Vai ser gostoso. Uma experiência nova, mais conhecimento", analisou.

Ser as adversárias são mais qualificadas, tem a resposta de bate-pronto. "Uai. Treinar forte, chegar forte e pegar pódio. Tenho bastante tempo para me dedicar e me empenhar. E vou em busca da minha meta", resumiu.

"COMO SE VÊ COMO ATLETA?"

Muito articulada, Tine venceu um concurso interno na LCN/Aquário Finess promovido pelo técnico Mitcho Bianchi. Cada nadador teria que montar um texto e procurar expressar como cada integrante do time se via como um atleta. A entrevistada teve a melhor redação e venceu. Como prêmio, uma touca padronizada.

De punho próprio, em uma folha de caderno universitário, Tine deslizou em palavras e pensamentos. Entre suas afirmativas, frases significativas como deixar de fazer as coisas que gosta para se dedicar aos treinos, dormir cedo, alimentação saudável, na competição não olhar somente seu umbigo e que a equipe é todos por um só, um grupo de amigos, união.

Diante de colocações precisas e pontuais, Tine mostrou como ser um atleta. Não somente dentro d'água mas, principalmente, fora dela.

"A Tine tem um grande potencial e tudo para ser uma grande atleta. Meu trabalho é fazer com que ela descubra todo este talento através de treinos intensos, diálogos positivos. Buscar no psicológico meios para mostrar o quanto ela é importante para o time e paralelamente evoluir a cada treino", enfatizou Mitcho Bianchi.

Para o treinador, o importante com cada atleta é traçar metas e objetivos e Valentine tem atendido as expectativas. "Quero através do diálogo fazer com que ela acredite no seu potencial. Mas tudo passo a passo e com confiança mútua. A Tine é um talento na natação. Basta ela acreditar no seu talento e no seu potencial", finalizou Mitcho.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias