Menu
segunda, 01 de março de 2021
Sinal de alerta ligado

São Carlos quer esquecer o ‘tropeço’ e focar vitória e reação na Liga Nacional

24 Mai 2019 - 08h18Por Marcos Escrivani
São Carlos quer esquecer o ‘tropeço’ e focar vitória e reação na Liga Nacional - Crédito: Maicon Reis Crédito: Maicon Reis

A goleada sofrida para Sorocaba domingo, 19, por 9 a 3, na casa do adversário, foi doída, mas o São Carlos virou a página e às 20h15 desta sexta-feira, 24, tem mais um desafio complicado pela fase de classificação quando recebe o Joaçaba, de Santa Catarina.

Com a derrota, o São Carlos caiu para a 15ª colocação ao estacionar nos 5 pontos. Os catarinenses estão dois pontos acima, mas em 9º lugar. O jogo será realizado no ginásio municipal de esportes Milton Olaio Filho e a entrada é gratuita.

Ao analisar o próximo desafio, o técnico Bruno se antecipou ao dizer que a goleada sofrida para Sorocaba foi atípica, independentemente do nível técnico das duas equipes, bem como o investimento. “Estamos sujeitos a isso. Tomamos gols em lances bobos e o adversário foi eficiente e soube construir o resultado”, analisou.

Mas diante do revés, Bruno afirmou que o sinal de alerta no clube está ligado, já que nem tudo o que é proposto para a competição, às vezes, não é concluído com êxito. “Por isso é necessário estarmos sempre atentos”, afirmou.

PONTUAR EM CASA

O técnico são-carlense disse que Joaçaba é um adversário direto pela vaga. É uma equipe que se defende bem e intensa e a equipe terá, necessariamente, que ser eficiente nos lances de ataque. “Acredito que nossos atletas estão conscientes e prontos. Trabalhamos forte durante a semana e tivemos um jogo na terça-feira (Copa Paulista, 1 a 1 com o Taubaté) onde pudemos corrigir falhas verificadas contra Sorocaba. Agora o compromisso em casa e temos que pontuar. Preferencialmente os três pontos. Uma vitória fará com que o time reconquiste a confiança, pois temos um grupo para brigar pelas primeiras colocações”, finalizou, salientando que “meio a zero” contra o Joaçaba será suficiente. “Temos que vencer”, frisou.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias