Menu
quarta, 21 de abril de 2021
Série A3

São Carlos perde em Olimpia, cai para a Bezinha e leva junto o Taboão da Serra

25 Mar 2019 - 07h22Por Redação
São Carlos perde em Olimpia, cai para a Bezinha e leva junto o Taboão da Serra - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Neste último final de semana, foi realizada a penúltima rodada do Campeonato da Série A3 e mais algumas definições foram concretizadas. A rodada começou na tarde de sábado em Osasco, onde o Grêmio Osasco recebeu o Noroeste. A partida começou equilibrada e o Grêmio Osasco foi quem criou os primeiros lances de perigo. Com o passar do tempo, o Noroeste começou a responder e equilibrou as ações. Quando tudo parecia que o empate prevaleceria, Jhon Egito cruzou na cabeça do ex jogador do Palmeiras Chico que concluiu e abriu o marcador. O Noroeste voltou com uma postura mais defensiva e chamou o GEO para seu campo de defesa, tanto que após uma cobrança de escanteio a bola sobrou para Bruninho que de primeira empatou para os mandantes. Mais uma vez, o jogo parecia que terminaria igual devido a falta de produtividade das equipes, porém após um contra-ataque, Pedro Felipe já nos acréscimos entrou na área e bateu na saída do goleiro Charles fazendo o gol da vitória do Noroeste. Final, Grêmio Osasco 1x2 Noroeste.

Em São José do Rio Preto, mais um ano o Jacaré morreu na praia. Desta vez quem enterrou as esperanças do Rio Preto foi o líder Velo Clube. O Galo Vermelho saiu na frente aos 25 minutos com o zagueiro artilheiro Diogo que após tabela com o atacante Chuck bateu firma para o gol. Sete minutos depois foi a vez de Gabriel Barcos, sempre ele bater de fora da área e deixar tudo igual. O Rio Preto voltou pressionando na volta do intervalo e perdeu dois gols logo no início da etapa complementar. Mas aos 15 minutos, foi o Velo que fez o segundo com Gustavo Henrique que saiu na frente do goleiro Gustavo e bateu cruzado. A bola bateu na trave e morreu no gol junto com as esperanças do Rio Preto que ainda se livrou de levar o terceiro no finalzinho da partida. Final no Anísio Haddad, Rio Preto 1x2 Velo Clube.

Quem manteve a chance de classificação foi o Primavera que recebeu em Indaiatuba o Desportivo Brasil, que parece estar perdendo o fôlego do início do campeonato. O jogo foi amarrado no primeiro tempo, com leve vantagem para o Dragão Chinês, mas nada que fosse suficiente para merecer a vitória parcial. No segundo tempo, o panorama foi o mesmo e o Primavera começou a levar vantagem após a expulsão do artilheiro do Desportivo Brasil, Lucas Douglas. A partir daí, o time criou algumas poucas chances e numa delas China arriscou de fora da área e fez o gol da vitória do Fantasma. Pelo segundo jogo consecutivo, o melhor ataque do campeonato com 30 gols não foi eficaz e o Desportivo Brasil conheceu sua quarta derrota no campeonato. Final, Primavera 1x0 Desportivo Brasil

No domingo pela manhã, no Estádio Primeiro de Maio em São Bernardo do Campo, devido aos resultados de sábado, o São Bernardo já entrou fora da competição contra o Audax que ainda lutava por uma das vagas restantes para as Quartas de Finais. Mesmo assim, o Cachorrão começou melhor e com Vinicius Machado abriu o marcador. O Audax que havia feito nove gols nos últimos dois jogos foi para cima tentar o empate, mas não foi feliz. Já no segundo tempo, o Audax dominou o jogo e exigiu muito do goleiro Wagnão, que só não foi capaz de cortar o cruzamento que encontrou o oportunista Danrley que deixou tudo igual em 1x1. Com este resultado, o Audax joga a última rodada pelo empate contra o Primavera, podendo se classificar e garantir também o Barretos na próxima fase. 

E falando nele, o Barretos foi até Ribeirão Preto enfrentar o Comercial que só precisava de um ponto para garantir sua vaga. E ele veio, já que o placar não saiu do zero. O Bafo foi melhor, pressionou mas não conseguiu transformar as ações em gol. O Barretos por sua vez, teve uma única chance real e parou na boa defesa do goleiro Leandro Santos. Na última rodada, o Barretos receberá o Rio Preto, precisando apenas de um empate, mas pode se garantir mesmo com uma derrota caso o Primavera não vença o Audax

Já o Monte Azul venceu o Batatais por 3x1 e garantiu sua vaga na próxima fase, já que mesmo perdendo na última rodada, não pode ser ultrapassado pelos adversários direto no número de vitorias. A vitória e a classificação começaram a ser construídas aos 38 minutos do primeiro tempo, após o zagueiro Trevisan sair jogando com Danilo Medeiros e foram tabelando até a bola sobrar para Johny que da entrada da área chutou forte, sem chances para o goleiro China. No comecinho do segundo tempo, Ferrugem cobrou falta da direita e o zagueiro Trevizan subiu no segundo pau para ampliar a vantagem do AMA. Dez minutos depois, em cobrança de escanteio a bola foi na cabeça de Matheus de Paula que diminuiu para o Fantasma. E aos 33 minutos após recuperar a bola no seu campo de defesa, Danilo Medeiros recebeu livre nas costas de Fabio Bilica e de cavadinha, fez o terceiro do Monte Azul, fechando assim o placar no Estádio Otacília Patrício Arroyo.

Em Osasco, o Taboão da Serra jogava sua sobrevivência na série A3 contra o Capivariano. Embalado pela vitória em Porto Feliz contra o até então vice líder Desportivo Brasil, o Capivariano foi para cima do frágil adversário e abriu o placar aos 29 minutos com Cuadrado. Mal deu tempo do CATS assimilar o gol sofrido e Cuadrado novamente fez mais um. Na volta do intervalo, o Capivariano continuou em cima e logo aos 3 minutos foi a vez de Rodrigo Sabiá, fazer o terceiro. Totalmente entregue no jogo, o Taboão da Serra não esboçou reação e viu ainda Vinicius fechar a tampa do caixão e dar números finais a partida. Final no José Liberatti em Osasco, Taboão da Serra 0x4 Capivariano.

Quem poderia salvar o Taboão da Serra e levar emoção para última rodada era o São Carlos que se vencesse o Olimpia, levaria a decisão do rebaixamento para a última rodada. Mas esperar o que de um time que não havia vencido nenhuma até ali? O time entrou em campo acuado, aceitando a pressão do Olimpia e em apenas um momento demonstrou estar disposto a buscar a vitória. Vit parou na defesa de Jeferson, um dos responsáveis direto pela recuperação do Galo Azul. O Olimpia ainda teria uma chance com Zezinho antes do intervalo. Após a volta, as equipes já estavam sabendo sobre a derrota parcial do Taboão da Serra e sabiam que era a chance do Olimpia se livrar do rebaixamento e do São Carlos fazer do confronto final contra o CATS uma verdadeira final. Logo no início o Olimpia acertou a trave com Paraíba, fato que foi respondido na mesma moeda pelo São Carlos com Neto que carimbou a trave de Jeferson. Apesar de não muito intenso, o jogo foi lá e cá. Enquanto Viola salvara em cima da linha um gol de Thauan, Jeferson parava o jovem atacante Alison. Aos 40 minutos, após passe de Fabinho, Thauan fez o gol que definiria tudo. A sobrevivência do Olimpia e decretava também o rebaixamento de Taboão da Serra e São Carlos. Ainda deu tempo de Otavio salvar o que seria o segundo do Olimpia, mas o jogo ficou nisso. Olimpia 1x0 São Carlos.

Terminada a penúltima rodada, apenas três equipes vão para a última rodada com chances de levar as duas vagas restantes. Detalhe para o confronto Audax x Primavera, que pode definir tudo, por se tratar de um confronto direto. Velo Clube, Capivariano, Noroeste, Desportivo Brasil, Comercial e Monte Azul já estão lá. Audax, Barretos e Primavera lutam pelas duas últimas vagas. Já Taboão da Serra e São Carlos, também se encontrarão na última rodada, porem para um jogo melancólico, já que os dois já foram decretados como rebaixados. (colaborador Ednelson Simonetti)

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias