domingo, 23 de janeiro de 2022
Vôlei Feminino

São Carlos luta para ter um equipe na Superliga A

Agee/Atacadão São Carlos se prepara para a disputa da série “B” da competição nacional que começa em janeiro

06 Dez 2021 - 08h07Por Marcos Escrivani
Agee/Atacadão São Carlos treina sob orientação de Sandra Mara: quer ser a surpresa na Superliga B - Crédito: Marcos EscrivaniAgee/Atacadão São Carlos treina sob orientação de Sandra Mara: quer ser a surpresa na Superliga B - Crédito: Marcos Escrivani

Poder ter uma equipe de alto rendimento disputando o principal campeonato nacional de vôlei feminino, a Superliga A. Com esta finalidade, o Agee/Atacadão São Carlos, sob o comando da técnica Sandra Mara Leão se prepara com treinos intensivos no ginásio municipal de esportes José Eduardo Gregoracci, no Jardim Santa Felícia.

Com experiência em torneios oficiais, pois já dirigiu a equipe da Uniara de Araraquara por 13 anos em campeonatos estaduais e na Superliga A e B, Sandra Mara mostra otimista e acredita que o projeto apresentado em São Carlos possa vingar e fazer com que a cidade receba a médio prazo, as principais equipes do vôlei feminino brasileiro, muitas delas com atletas olímpicas.

PRIMEIRO PASSO

Em 2021, em plena pandemia da Covid-19, o Agee/Atacadão São Carlos deu os primeiros passos. Disputou o Campeonato Paulista da 1ª Divisão (uma exigência para disputar a Superliga). Após a campanha no estadual, o time se credenciou para a disputa da Superliga C, uma divisão de acesso. Em Sorocaba enfrentou três adversários e obteve sucesso, ao sagrar-se campeã e conseguiu o ‘passaporte’ para a Superliga B, que será realizada de janeiro a março de 2022 com a presença de 8 a 10 equipes.

Segundo Sandra Mara, o congresso técnico promovido pela CBV será no dia 6 de janeiro quando será definido o sistema de disputa e a tabela de disputas.

“Habitualmente a primeira fase é composta de turno único e se classificam as oito primeiras colocadas para a segunda fase, quando passa a acontecer o mata-mata até definir o campeão e o vice que garantem presença na Superliga A de 2022”, contou a técnica do time são-carlense. Segundo ela, a divisão B da Superliga não é regionalizada e podem se classificar equipes de todo o país.

GRUPO PRATICAMENTE FECHADO

Hoje, no ginásio de esportes do Santa Felícia, Sandra Mara trabalha com 14 atletas. As são-carlenses Killara (líbero) e Dudinha (levantadora). As demais vieram para reforçar o time são-carlense: Ju Maranhão (ponta), Lorraine (ponta), Marina (levantadora), Bia (oposta), Vivian (central), Flavinha (central), Letícia (central), Sabrinha (oposta), Mariana (líbero), Renata (levantadora) e Gabi (ponteira).

Essas jogadoras serão a base do Agee/Atacadão São Carlos que disputará a Superliga B. A maioria das equipes ainda não são conhecidas, uma vez que ocorrem seletivas para definir os participantes.

Devem disputar o torneio São Caetano e São José (rebaixados da Superliga A), Bradesco/SP, Brusque e Sesi Bauru. “Nas próximas semanas deveremos ter confirmadas todas as equipes”, comentou Sandra Mara. “Mas de antemão posso garantir que será um campeonato de nível técnico apurado, um torneio longo e muito equilibrado”, pontuou.

NO MÍNIMO, SE MANTER

Indagada sobre o poderio do time são-carlense, a treinadora afirmou que o trabalho que está sendo feito é para que o Agee/Atacadão se mantenha na Superliga B em 2022. “Nossa principal preocupação é primeiro estruturar a equipe para que ela possa ter raiz e florescer. Estamos trabalhando para que esta primeira etapa se concretize. Mas não vou mentir que temos o sonho de ingressar na Superliga A. Podemos ser a surpresa, por que não? Mas inicialmente queremos realizar um bom campeonato. Estamos superando as dificuldades até aqui impostas, buscar consolidar o nosso trabalho e em 2023 ter um grupo ainda mais qualificado e em condições de representar bem o vôlei são-carlense”, afirmou.

GRUPO JOVEM E UM ESPELHO

De acordo com Sandra Mara, o Agee/Atacadão foi reforçado para a Superliga B, mas tem um grupo jovem com média de idade entre 22 e 23 anos e iniciou as atividades em São Carlos como um novo desafio em sua carreira.

“Quero trabalhar com muita dignidade e honestidade e colocar São Carlos na elite do vôlei brasileiro. Mais que isso: se manter na Superliga A”, comentou.

Mas o foco de Sandra Mara não se limita somente a equipe principal. Quer que a equipe sirva de espelho e fazer com que meninas de São Carlos e da região passem a frequentar escolinhas de vôlei e com isso, formar talentos.

“Nós viemos para deixar um legado. A meta é fazer um trabalho a longo prazo, focar em um bom e longevo trabalho, criar uma estrutura sólida e colocar São Carlos no mapa do vôlei brasileiro”, ponderou.

AMBICIOSA E OTIMISTA

A oposta Sabrina, 30 anos, natural de Tietê, é uma das atletas de Sandra Mara para a Superliga B. Extrovertida e muito simpática, disse que está em São Carlos para fazer história.

Ela lembra que iniciou com 11 anos no vôlei e deixou a casa dos pais com apenas 15 anos em busca do seu sonho que era ser jogadora de vôlei. Neste período defendeu oito equipes e em São Caetano foi onde teve até aqui a melhor fase de sua carreira, ao sagrar-se vice-campeã paulista.

Mas o apetite de Sabrina está em alta. Nas quadras, garantiu que “odeia regime” e quer se alimentar fartamente de vitórias e de títulos.

Tanto é que, ambiciosa e otimista, diz que o Agee/Atacadão São Carlos irá lutar pelo título da Superliga B e diz os motivos. “No Paulista as atletas se conheceram e o torneio foi essencial para que nós crescêssemos técnica, tática e coletivamente. Além de um ganho individual. Crescemos ainda mais na Superliga C e os dois campeonatos foram combustíveis para uma sequência boa e animadora”, comentou.

Já vacinada com as duas doses da vacina (Coronavac), diz que espera ansiosa pela terceira dose. “Temos que nos cuidar”, alerta. Paralelamente, ao lado das companheiras, treina para a competição nacional e afirmou que o time são-carlense “vai para as cabeças”. “Queremos e vamos vencer. Nosso grupo é muito bom e a meta é lutar para ser a surpresa da competição”, finalizou Sabrina.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Últimas Notícias