Menu
sábado, 06 de março de 2021
Talentos da terra

São-carlenses participam de II Open de Judô Funcional Veteranos

Evento virtual teve grande participação na edição de 2020, espera reunir um número maior de participantes nesta nova edição

17 Fev 2021 - 15h28Por Redação
Atletas são-carlenses se preparam para a competição. Da esquerda para a direita: Christiano, Paula, Susan, Maria e Maurício - Crédito: DivulgaçãoAtletas são-carlenses se preparam para a competição. Da esquerda para a direita: Christiano, Paula, Susan, Maria e Maurício - Crédito: Divulgação

A 2ª edição do Open de Judô Funcional Veteranos tem início a partir desta sexta-feira (19) e transmissão ao vivo pelo canal Golden Score no YouTube, www.youtube.com/judoveteranosbrasil. Organizado pela Judô Veteranos Brasil (JVB), com o apoio da Confederação Brasileira de Judô (CBJ). O evento que é virtual e teve grande participação na edição de 2020, espera reunir um número maior de participantes nesta nova edição.

O estado de São Paulo será representado na competição com duas equipes (feminina e masculina) composta por oito atletas, além de dois técnicos e coordenador. Entre os atletas, cinco são de São Carlos: Paula Rossi, Susan Marin e Maria Maia na equipe feminina, já na equipe masculina integram Christiano Franklin Tello e Maurício César Crkovic. Além de atuar como atleta, Paula Rossi também é uma das técnicas de ambas as equipes. Todos os atletas são da Academia Tigre/Sindspam.

Assim como no ano passado, o local para realizar as disputas será escolhido pelos atletas, seja sua casa ou academia. A competição será disputada individualmente por judocas veteranos nas classes F1 a F6 e M1 a M7. A disputa acontecerá entre judocas da mesma classe e categoria em melhor de 03 rounds. Cada disputa respeitará o tempo estipulado para a respectiva classe, conforme estabelecido abaixo:

Os judocas realizarão uma série de exercícios físicos e técnicas de judô. Quem realizar a maior quantidade de repetições válidas no tempo estipulado para sua classe ganhará o round, quem vencer dois rounds passará a próxima fase. Em caso de empate em número de rounds e na pontuação do round desempate, haverá golden score até que haja um vencedor.

A repetição será considerada válida quando encontrada dentro dos padrões estabelecidos para o evento. O JVB revelará quais exercícios e padrões de movimento são considerados válidos para cada fase através de vídeo demonstrativo.

Cada disputa contará com a participação de 6 (seis) árbitros e mais 1 (um) coordenador de arbitragem. Cada judoca será analisado por 3 (três) árbitros e o coordenador dará o comando do início e fim do tempo de combate.

Ao final de cada disputa, cada árbitro indicará imediatamente o número de repetições válidas do judoca em questão. A média de repetições válidas decorrentes da análise dos 3 (três) árbitros para cada judoca devem ser considerada como o número de repetições alcançadas por ele.

O judoca que não estiver presente no horário marcado para o confronto será automaticamente desclassificado. Os participantes devem verificar cuidadosamente as diretrizes tecnológicas do Regulamento.

Como a competição é mostrada online, cada participante precisará de um dispositivo móvel ou computador que tenha uma câmera (com áudio), acesso à internet e o aplicativo zoom instalado.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias