Menu
terça, 20 de abril de 2021
Esportes

Rodada da A3 teve virada histórica do Atibaia, Barretos vencendo a primeira e derrota do São Carlos em Santos

01 Fev 2018 - 12h44Por Redação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

A 5ª rodada do Campeonato Paulista Série A3 teve início na tarde de quarta-feira, 31, com quatro jogos.

Em Monte Azul Paulista, o time do Monte Azul demorou quase que o jogo inteiro para furar o bloqueio da Matonense. Apenas aos 37 do segundo tempo, após passe de Jonathas, o veterano Juca encheu o pé e fez o gol do time local. Final Monte Azul 1 a 0 Matonense

Em Santa Barbara D'Oeste, o Rio Branco conseguiu sua primeira vitória e abandonou a lanterna do campeonato. Logo no início do jogo, Hugo marcou para o time de Americana, que na sequencia teve a chance de ampliar, mas acabou desperdiçando duas oportunidades claras. E como todos nós já sabemos no futebol, quem não faz toma. Aos 18 minutos Nicolas, cobrou falta no ângulo, não dando chance ao goleiro Neto e empatando para a Academia. Na volta do intervalo, o técnico Fio fez as 3 alterações de uma só vez e numa delas, Duduzinho deixou Matheus Mima a vontade para fazer 2x1 e dar números finais ao jogo

Em Porto Feliz, Desportivo Brasil e Grêmio Osasco não saíram do zero. O time visitante pressionou muito no primeiro tempo, mas foram raras as conclusões. Já no segundo tempo, a chuva que caiu sobre Porto Feliz diminuiu ainda mais a qualidade do jogo

Em Taboão da Serra, outro empate. O time do Rio Preto saiu na frente após uma confusão na área em que o zagueiro Diego Souza do CATS foi tentar interceptar um cruzamento e desviou para o próprio gol. Já no finalzinho da partida, o goleiro Poti teve sua meta vazada por Caio após uma invencibilidade de 449 minutos. Após o jogo, ambas as equipes reclamaram da arbitragem, que precisou de escolta policial para chegar aos vestiários.

Mesmo jogando fora de casa e com uma campanha inferior, o Marilia do técnico Ferreirão foi para cima do Velo Clube e após cabeceio de Galego, inaugurou o placar em Rio Claro. No segundo tempo o que se viu foi uma pressão absurda do time da casa, que foi suportada até os 22 minutos do 2º tempo, quando Higor Militão empatou e deu números finais ao jogo

No dérbi de Olimpia, deu Barretos. O touro conseguiu sua primeira vitória no torneio que começou a ser construída com um chute forte do lateral Barros, que desviou na zaga e matou o goleiro Lucas. Ainda no 1º tempo, Buiu de falta empatou para o time da casa. No 2º tempo, Gabriel Barcos, recebeu passe açucarado e na frente do goleiro só teve o trabalho de escolher onde colocar a bola. No último lance do jogo, o Olimpia teve um pênalti a seu favor, mas Max Pardalzinho chutou nas mãos do goleiro William. Final de jogo, Olimpia 1x2 Barretos

Na Arena Capivari, o Leão venceu de virada o São Bernardo, com gols de Rambo e Alexandre, que mesmo caído aproveitou a chance. Com este resultado, o Capivariano chega ao 2º lugar no campeonato, atrás apenas do Noroeste.

E por falar no time de Bauru, conforme já era esperado a torcida compareceu em massa no Alfredo de Castilho e empurrou o Noroeste na vitória magra sobre o União Barbarense. O gol foi marcado pelo zagueiro Jean Pierre que se antecipou ao goleiro do Leão da 13 numa bola lançada por Samuel. Com este resultado, o Norusca se mantém na liderança do torneio

No Ulrico Mursa, na baixada santista, a Portuguesa local não deu chances ao São Carlos. A Briosa desde o 1º tempo pressionou, mandando duas bolas na trave e numa cabeçada de Magrão que passou rente ao gol de Wagner. A única chance do São Carlos foi com Douglas, que cobrou escanteio fechado e quase marcou um belo gol olímpico. No segundo tempo veio a lei do ex. Rafael Ferro, recebe passe de Rômulo, domina e coloca na saída do goleiro da Águia. Vale lembrar que Ferrinho fazia parte da equipe são-carlense de 2013 que disputava a Série A2 e naquela oportunidade, misteriosamente foi sacado pelo então técnico Edmilson de Jesus do importante jogo contra o Red Bull, que culminou com a derrota do time e consequentemente o rebaixamento na rodada seguinte.

Para finalizar um jogo eletrizante. Não pela campanha dos envolvidos, mas pelo contexto da partida. O Mogi Mirim, está mandando seus jogos em Itapira e vinha conseguindo sua primeira vitória com uma certa tranquilidade. O time vencia por 3x1, com 3 gols de Robinho. Porém no finalzinho do jogo, mais precisamente aos 44 minutos do 2º tempo, Mineiro, que havia feito o primeiro do Atibaia, marcou novamente e surpreendentemente, aos 46 empatou o jogo em 3x3. Como se já não bastasse um jogo com 6 gols e dois " hat-tricks", faltava um algo a mais. E ele veio nos acréscimos, mais precisamente aos 48 minutos quando Mascote, de cabeça fez o quarto gol que deu a virada ao Falcão, deixando o Mogi Mirim na lanterna do Campeonato. (Ednelson Simonetti, colaborador)

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias