Menu
segunda, 06 de dezembro de 2021
Futebol de base

Primeira participação na Copinha quer ser um capítulo vitorioso na história do Grêmio São-carlense

Debutante da competição, equipe dirigida pelo técnico Inácio pretende disputar uma primeira fase sólida e tem metas audaciosas no torneio

17 Nov 2021 - 08h45Por Marcos Escrivani
Inácio vai para a Copinha e quer ficar marcado positivamente na história do Grêmio - Crédito: DivulgaçãoInácio vai para a Copinha e quer ficar marcado positivamente na história do Grêmio - Crédito: Divulgação

O jovem Grêmio São-carlense vai fazer a estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior que deve começar no dia 2 ou 3 de janeiro. Debutante, o pequeno Lobo quer brilhar na principal competição nacional que reúne equipes sub20 de todo o território brasileiro.

São Carlos será uma das sedes, tendo como palco o estádio municipal Professor Luís Augusto de Oliveira.

Em seu debut, o Grêmio será dirigido pelo técnico Guilherme Inácio, de apenas 28 anos. A ambição é poder escrever mais um capítulo da história gremista e fazer uma primeira fase sólida, com vitórias e, com isso, se classificar para a segunda fase e fase uma campanha que dignifique o futebol são-carlense.

Sob o comando de Inácio, o pequeno Lobo disputou o Campeonato Paulista da categoria e uma das metas foi fazer do torneio um laboratório para dar rodagem para os atletas e formar uma base.

Agora, mais calejados vão para um campeonato de tiro rápido, com jogos a cada três dias. Para tanto, Inácio adiantou que será realizada uma preparação diferenciada para os jogadores poderem estar aptos a uma maratona de jogos em curto espaço de tempo.

ENTREVISTA

Guilherme Inácio concedeu entrevista ao São Carlos Agora e detalhou como será a estreia gremista na Copinha. Abaixo, a sabatina:

São Carlos Agora - O Grêmio São-carlense fará sua primeira participação na Copa São Paulo. Qual a meta traçada?

Guilherme Inácio - Ambicionando escrever mais um capítulo na história do Grêmio São-Carlense, as metas traçadas passam por fazer uma primeira fase sólida, com ótimo desempenho e vitórias, nos creditando a segunda fase, e por fim, chegar entre os classificados as oitavas de final da competição.

SCA - O sub20 já disputou o Paulista da categoria. O torneio foi uma prévia para ver quais atletas estariam aptos para a competição?

Inácio - O Campeonato Paulista foi um ótimo laboratório para que pudéssemos desenvolver a nossa filosofia de jogo, a nível individual e coletivo. E, obviamente que, serviu para nos dar parâmetros dos nossos potenciais, necessidades e dificuldades a nível de elenco.

SCA - O time basicamente é formado por atletas de São Carlos e da região? Ou terá reforços pontuais para a Copinha?

Inácio - Seguiremos com a nossa filosofia de clube, contando com atletas de São Carlos e região, além da chegada de reforços pontuais para que possamos ter uma equipe ainda mais competitiva.

SCA - Como será a preparação para o campeonato que acontece em janeiro?

Inácio - Com foco em potencializar o atleta completo relacionado a nossa filosofia de jogo coletivo, a nível técnico/tático/físico/psicológico/social-afetivo. Com o desenvolvimento avaliado por critérios diários, presente em nosso modelo de trabalho, em treinamentos e jogos-treinos pré-competitivos.

SCA - Por ser um torneio de ‘tiro rápido’ e cuja primeira fase ocorre em uma semana com três jogos, como é feita a preparação técnica, tática e psicológica?

Inácio - Criaremos cenários estratégicos que simulem a competição, não somente ao caráter de desenvolver o nosso jogo e a perspectiva do que possamos encontrar a nível técnico/tático/físico/psicológico. Mas, também ajustando ao formato da competição, utilizando jogos-treinos pré-competitivos ocorrendo de 3 em 3 dias, em determinado momento de nossa preparação. Além claro, de contar com uma equipe multidisciplinar de profissionais, extraindo ao máximo de cada departamento do clube, o qual possuem níveis elevados de competências.

SCA - Acredita em uma boa campanha? Ou esta primeira edição será como um aprendizado?

Inácio – Sim. A perspectiva de nossa campanha entra nas metas traçadas, buscando ótimos desempenhos, numa primeira fase sólida, galgando para caminhos que levem o Grêmio São-Carlense a novos patamares.

SCA - Como é a forma do técnico Inácio moldar o time para os campeonatos? Cauteloso, ofensivo, equilibrado, posse de bola ou reativo?

Inácio - Acredito que uma das nossas maiores virtudes enquanto treinador é a adaptabilidade aos cenários e atletas que temos. Porém, a cultura do clube ligada as nossas convicções nos dão nortes mais consistentes. Continuamos desenvolvendo um jogo em que nós sejamos protagonistas com bola, mas, também com critérios para ir atrás dela e conquista-la, quando não a temos, valorizando assim os atletas e o próprio espetáculo.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias