Menu
sexta, 26 de fevereiro de 2021
Esportes

Palmeiras vence Santa Cruz e abre três pontos do Flamengo

03 Out 2016 - 22h00Por Redação
Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação - Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação -

O Palmeiras precisou ficar à frente do placar em três oportunidades para superar o Santa Cruz na noite desta segunda-feira, 3, pelo placar de 3 a 2, em partida disputada no Estádio Arruda, pela 28ª rodada do Brasileirão. De quebra, o clube paulista abriu três pontos do Flamengo na liderança do torneio.

Com o resultado, o Palmeiras soma 11 jogos de invencibilidade e já aparece como a melhor equipe do segundo turno. O clube paulista é o líder, com 57 pontos, a três do Flamengo, e a cinco do Atlético Mineiro. O Santa Cruz, por sua vez, segue em situação delicada. É apenas o vice-lanterna, com 23, a dez do Cruzeiro, primeiro fora da zona de rebaixamento.

Sabendo do tropeço do Flamengo frente ao São Paulo no sábado - empataram por 1 a 1 -, o Palmeiras entrou em campo diante do Santa Cruz podendo abrir três pontos na liderança do Campeonato Brasileiro. Sem poder contar com Dudu, suspenso, Cuca surpreendeu ao escalar Zé Roberto no meio de campo, puxando Egídio para esquerda e deixando Erik no ataque. Com isso, Gabriel acabou ficando como opção no banco de reservas.

Depois que a bola rolou, o Palmeiras ficou com a posse e administrou a velocidade do duelo em todo o primeiro tempo. O time paulista, porém, era fortemente marcado pelos zagueiros do Santa Cruz e pouco encontrou espaço dentro da área. Quando conseguiu, abriu o placar. Zé Roberto tabelou com Erik e saiu de frente para Edson Kolln. O veterano, com toda categoria, deu um toquinho por cima e mandou para o fundo das redes.

Antes, o Palmeiras só havia ameaçado nos tiros de fora da área e na bola parada. Após cobrança de escanteio de Jean, Roger Guedes chutou à queima-roupa para uma grande defesa de Edson Kolln. O Santa Cruz, por sua vez, com Grafite apagado, coube à Keno criar as melhores oportunidades. O jogador quase deixou o seu ao sair na cara de Jailson. Chutou por debaixo da perna do goleiro, mas pela linha de fundo.

No segundo tempo, Doriva resolveu colocar o Santa Cruz no ataque. Tirou Derley, pendurado com cartão amarelo, e colocou Arthur. O atacante foi logo mostrando que tem estrela. Ao receber de Allan, colocou de chapa para o gol, sem chances para Jailson, que havia evitado um golaço de calcanhar de Grafite nos minutos iniciais da etapa final.

A resposta veio com Gabriel Jesus. O atacante, convocado para defender a seleção brasileira, recebeu livre pelo lado esquerdo de campo, ameaçou tocar, mas chutou direito para defensa de Edson. No lance seguinte, aos 20 minutos, o Palmeiras acabou marcando. Moisés mandou a bola para área, Neris afastou, mas jogou nos pés de Leandro Pereira, que viu o goleiro adiantado e só teve o trabalho de chutar para o gol.

O Santa Cruz não teve nem tempo de sentir o baque. Arthur foi derrubado por Jean, e o árbitro marcou penalidade máxima. Na cobrança, Grafite deixou tudo igual. Mas aos 35 minutos, o Palmeiras se colocou novamente na frente do marcador. Cleiton Xavier deu cruzamento milimétrico para Róger Guedes, que apareceu entre os zagueiros, dentro da área, para empurrar para o gol.

Na próxima rodada, o Santa Cruz enfrenta o Flamengo no domingo, 9, às 17h, no Pacaembu, em São Paulo. No mesmo dia e horário, o Palmeiras visita o América Mineiro no Estádio do Café, em Londrina. (futebolpaulista.com.br)

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias