Menu
quarta, 16 de junho de 2021
Esportes

Nazareno bate Pentecostal e é campeã da Copa Evangélica

16 Mai 2015 - 22h47Por Gustavo Curvelo
Gustavo Curvelo - Gustavo Curvelo -

A Nazareno é a grande campeã da primeira edição da Copa Evangélica de futebol de campo. Diante de um excelente público e forte sol no estádio municipal Luiz Stevan de Siqueira, o Zuzão, na Vila São José, a congregação bateu a Pentecostal da Bíblia e, com 100% de aproveitamento, levantou o caneco.

A bola rolou com grande incentivo das duas torcidas nas arquibancadas, e sem titubear, a equipe comandada por Euclides Fuzzato tentou se impor desde o início. Para tanto, antes mesmo dos dez minutos, Paulo Romero aproveitou confusão na área e, de cabeça, marcou o primeiro tento da partida.

O gol acordou a Pentecostal da Bíblia, que passou a pressionar a meta defendida por Roberto, principalmente nas arrancadas de Kainã e lançamentos em profundidade para Irisvalter, mas o resultado não foi dos melhores.

Já na segunda etapa, a Nazareno voltou melhor e marcou mais duas vezes: primeiro com Thiago Domingos em belo chute de fora da área. Depois, Cristian Fuzzato sacramentou a vitória completando cruzamento para a rede, fechando o placar em 3 a 0.

Com o resultado, a Nazareno encerra a competição com o título e invicta, enquanto a Pentecostal da Bíblia aparece logo atrás, com o vice-campeonato. Fechando o pódio, a Assembleia de Deus do Bom Retiro bateu o Quadrangular São José pelo placar mínimo, com gol anotado por Nunes, e ficou na terceira posição.

Logo após as partidas, ocorreu a cerimônia de premiação. Na oportunidade, estiveram presentes e discursaram nomes como o do patrocinador Dimitri Sean (presidente do PDT de São Carlos), o Presidente da Câmara da cidade, Lucão Fernandes (PMDB), e o Secretário Municipal de Esportes e Lazer, Antônio Rubens Valdo Ratti (PMDB), além de membros da organização, representados pelo discurso do organizador Ivan do Amaral.

Sendo assim, a Nazareno liderou as conquistas individuais com três prêmios: melhor goleiro, artilheiro e melhor treinador, entregues para Roberto, Paulo Romero e Euclides Fuzzato, respectivamente. Também nas premiações individuais, Willian Morais, da Missão Atos, levou o troféu de melhor jogador. No coletivo, a Assembleia de Deus Nova Vida em Cristo faturou o melhor testemunho, enquanto membros da Pentecostal da Bíblia ganharam como melhor torcida.

 

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias