terça, 05 de julho de 2022
Atletas de talento

Natação ACD de São Carlos brilha no Campeonato Brasileiro

LCN/Aquário Fitness conquista sete medalhas e coloca cidade em evidência na competição; nadadora de 16 anos surpreende

16 Mai 2022 - 07h12Por Marcos Escrivani
Mitcho e atletas que estiveram no Campeonato Brasileiro: São Carlos está na elite da natação ACD no Brasil - Crédito: DivulgaçãoMitcho e atletas que estiveram no Campeonato Brasileiro: São Carlos está na elite da natação ACD no Brasil - Crédito: Divulgação

São Carlos, através da LCN/Aquário Fitness, esteve em evidência no 3º Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Natação ACD. No período de 11 a 14 de maio, no Centro Paralímpico Brasileiro, o time brilhou com a conquista de sete medalhas, sendo três de ouro, duas de prata e duas de bronze.

Na categoria S4, Ronystony Cordeiro da Silva foi seis vezes no pódio, com direito a ouro nos 50m costas, nos 150m medley e nos 50m (as duas últimas provas com direito a recorde brasileiro). Trouxe prata nos 100m livre e 200m livre. Por fim, bronze nos 50m livre.

Outro destaque ficou para Mariana Martins. Com apenas 16 anos e debutando em campeonato brasileiro, conquistou medalha de bronze nos 100m borboleta na categoria S9 e de quebra garantiu índice do torneio. Por fim, outro estreante, Gabriel Cimião Rodrigues, foi 4º colocado nos 50m peito na categoria SB3.

Ao final da competição, já em São Carlos, o técnico Mitcho Bianchi não escondeu a satisfação pelas conquistas dos seus atletas, salientando que tudo é fruto de muita dedicação, empenho e superação dos nadadores ACDs.

“Estou muito feliz por tudo que tem ocorrido nos últimos meses. Voltamos das Paralímpiadas com uma ótima participação e agora o Rony nos dá mais um incentivo pelas suas marcas. As medalhas, os melhores tempos em sua vida, os recordes. Temos ainda a Mariana que, com 16 anos, em sua primeira competição é medalhista e conquista índice. É uma garota de Porto Ferreira que integra nosso time e promete muito. Assim como o Gabriel, que foi quarto colocado em sua prova. Ambos estrearam no Brasileiro e fazem parte da renovação da nossa natação ACD. O ciclo cresce e isso é importante para a natação paralímpica brasileira. Como técnico estou satisfeito e feliz pelas conquistas”, finalizou.

Leia Também

Últimas Notícias