quarta, 18 de maio de 2022
Para ficar na história

Nadador de equipe são-carlense fica em 4º nas Paralimpíadas

José R. Silva encerrou sua participação em Tóquio; melhora no tempo nos 50m costas deu recorde das Américas para o atleta

02 Set 2021 - 09h53Por Marcos Escrivani
Mitcho e Ronaldo momentos antes da prova: imagem que fica para a história esportiva de São Carlos - Crédito: DivulgaçãoMitcho e Ronaldo momentos antes da prova: imagem que fica para a história esportiva de São Carlos - Crédito: Divulgação

O nadador José Ronaldo da Silva encerrou sua participação nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Na classe S1, após a quinta colocação nos 100m costas, ele ficou em 4º lugar nos 50m costas na manhã desta quinta-feira, 2, nos Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Natural de Descalvado, Ronaldo defende a LCN/Aquário Fitness de São Carlos e cravou o tempo de 1m21s57, batendo o recorde brasileiro e das Américas na prova.

A participação fica na história esportiva de São Carlos. Acompanhado pelo técnico Mitcho Bianchi, eles embarcam na sexta-feira, 3, e retornam ao Brasil. A chegada está prevista para a tarde de sábado, 4.

ÁPICE

Mitcho Bianchi e José Ronaldo não esconderam a felicidade por chegarem ao ápice em suas respectivas carreiras. “Passamos por muitas dificuldades, mas conseguimos alcançar a meta”, afirmou o treinador que integrou a seleção paralímpica brasileira de natação.

“É motivo de felicidade a participação e tem espaço para muito crescimento. Vamos voltar ao nosso trabalho para atingir as metas”, salientou Mitcho que afirmou ainda ao São Carlos Agora a emoção em estar presente na principal competição para atletas ACD do mundo.

“É emocionante ver a prova ao vivo, ver o atleta na piscina, o nome dele no telão. É indescritível. Momento único e mágico na carreira”, finalizou, salientando que outro integrante do time são-carlense e que está nas Paralimpíadas, Ronystony Cordeiro da Silva, na S4, tem ainda mais uma prova a realizar.

Leia Também

Últimas Notícias