Menu
sexta, 05 de março de 2021
Esportes

Matheus Augusto faz jogada de Messi em goleada da Águia

16 Fev 2016 - 08h26
Foto: Rovanir Frias/SCFC - Foto: Rovanir Frias/SCFC -

Domínio absoluto e um toque de bola envolvente. Mas o 0 a 0 persistia até que, em um momento de Messi, o lateral Matheus Augusto dominou a bola deu uma 'caneta' no adversário e com um jogo de corpo de livrou do segundo marcador.

Ai engatou a segunda, a terceira, a quarta, a quinta e com muita velocidade e habilidade se livrou de dois zagueiros. Entrou na área, e cara a cara com Felipe, com um jogo de corpo desequilibrou o goleiro. Mas não quis arriscar. Tocou para o atacante Elton marcar e sair para a comemoração.

Aos 27 minutos do primeiro tempo, o São Carlos fazia 1 a 0 no São José e o lateral Matheus Augusto foi o mentor intelectual do gol. Uma 'pintura' que reuniu velocidade, habilidade, inteligência e muita lucidez. No final, na partida ocorrida domingo, 14, no estádio Martins Pereira, São José dos Campos 0 x 4 São Carlos.

"Em 5 anos de profissionalismo foi o lance mais bonito que terminou em gol em minha carreira. Mas se isso aconteceu é graças a movimentação de todos os jogadores. E no lance final preferi tocar para o Elton que estava bem posicionado na grande área. Não quis trocar o certo pelo duvidoso. Vai que eu erro né", disse, com muita sensatez, o jogador que comemora a boa fase. "É fruto do trabalho que o técnico (Rafael Guanaes) emprega. Os resultados aparecem", afirmou.

PÉS NO CHÃO

Liderança com invencibilidade com 13 pontos, 11 gols a favor e apenas 1 contra. Motivos para comemorar não faltam. Mas Matheus garante que a palavra de ordem entre todos os atletas é "pés no chão".

"Por enquanto não temos motivos para comemorar. Estamos em primeiro, mas não ganhamos nada. Temos que manter o foco e a responsabilidade para continuar com as vitórias", afirmou o atleta.

SUPERAÇÃO

A sequência de jogos (quarta-feira e sábado), um sol escaldante e um desgaste considerado 'absurdo'. "Bate o cansaço", alerta Matheus que foi poupado na partida contra o Primavera de Indaiatuba.

Entretanto o lateral elogia o fato do São Carlos ter elenco e o trabalho que é feito busca justamente preservar os jogadores. "O técnico tem várias opções e neste momento de superação pensamos na nossa família, nas nossas metas. Enfim pelo sucesso do clube. Queremos o acesso e o título e isso é motivo para buscarmos algo a mais a cada partida", afirmou.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias