Menu
segunda, 17 de junho de 2019
Handebol Feminino

H7 Esportes/La Salle estreia na Copa Derla com 3 vitórias e 4 derrotas

10 Abr 2019 - 08h33Por Marcos Escrivani
H7 Esportes/La Salle estreia na Copa Derla com 3 vitórias e 4 derrotas - Crédito: Marcos Escrivani Crédito: Marcos Escrivani

O domingo, 7, foi intenso para as 48 atletas (das categorias infantil até o adulto) do H7 Esportes/La Salle que estiveram participando da rodada inaugural da Copa Derla de Handebol Feminino, realizada no ginásio municipal de esportes Mário Dário Russão, em Mococa.

As equipes orientadas pelo técnico Antonio Carlos Rodrigues estiveram em ação por sete vezes e o balanço foi razoável, com três vitórias e quatro derrotas.

O resumo do dia esportivo foi o seguinte:

Juvenil

H7 Esportes/La Salle 20x29 Muzambinho

H7 Esportes/La Salle 24x20 Guaxupé

Cadete

H7 Esportes/La Salle 6x27 Muzambinho

H7 Esportes/La Salle 5x25 Guaxupé

Infantil

H7 Esportes/La Salle 5x14 Muzambinho

Adulto

H7 Esportes/La Salle 34x19 Guaxupé

H7 Esportes/La Salle 33x25 Poços de Caldas

Apesar dos resultados, Antonio Carlos ficou satisfeito com o balanço final, lamentando apenas o fato das jogadoras infantis e cadetes sentirem o peso da estreia.

“Nossas equipes menores sentiram muito o fato de jogar uma competição tão forte até porque as representante do Sul de Minas Gerais que enfrentamos possuem um volume de jogo maior e uma estrutura física muito maior que a nossa. Desta maneira vamos ter que investir um pouco mais no trabalho físico em relação a academia, e fazer com que elas vivenciem jogos mais fortes durante o ano”, ponderou Antonio Carlos.

Segundo ele, o time juvenil encontrou dificuldades no primeiro jogo, com um sistema defensivo vulnerável o ofensivo foi pior ainda, principalmente as finalizações. As jogadoras estavam ansiosas e a falta de responsabilidade de algumas meninas dentro de quadra, achando que iriam ganhar a qualquer momento foi determinante para a derrota”, criticou. “Após a derrota, o time colocou a cabeça no lugar e o segundo jogo do juvenil colocamos em prática o que temos de melhor, que é uma defesa consistente e um contra-ataque muito rápido e conseguimos vencer o jogo”, amenizou.

Já a equipe adulta, na ótima de Antonio Carlos, cumpriu a lição de casa e venceu os dois jogos. “Mostrou a veio. Manter o título que foi conquistado no ano passado. Não custa nada lembrar que dentre essas rodadas tivemos algumas atletas nossas que foram as melhores da partida: Maria Carolina Zancheta (pivô), Fernanda Businaro (pivô) e Beatriz Fleury (ponta direita)”, finalizou o treinador são-carlense.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias