Menu
quarta, 28 de outubro de 2020
Série B

Goleiros do Grêmio “correm contra o tempo”

29 Set 2020 - 06h40Por Marcos Escrivani
Lucas: "Com os trabalhos ministrados pelo professor (Júlio César), estou confiante e acredito que irei ter bom desempenho" - Crédito: Marcos EscrivaniLucas: "Com os trabalhos ministrados pelo professor (Júlio César), estou confiante e acredito que irei ter bom desempenho" - Crédito: Marcos Escrivani

Domingo, 18 de outubro, às 15h, o Grêmio São-carlense estreia na Série B do Campeonato Paulista. Encara a Matonense no estádio municipal Hudson Buck Ferreira. O primeiro desafio em plena época da pandemia da Covid-19.

Além de um novo coronavírus invisível e perigoso, os jogadores comandados pelo técnico Marcus Vinícius se preparam para ter pela frente um adversário tradicional no futebol paulista e que já integrou a Série A1.

Todas as onze posições são fundamentais para que o time jogue bem. Porém no gol, uma função onde o atleta pode ir do céu ao inferno em apenas uma jogada, é uma posição que tem chamado a atenção. As atividades sob o comando do preparador Júlio César Cominotte têm um carinho diferenciado.

O motivo, segundo ele, é simples: será pouco mais de um mês para colocar os profissionais em plena forma física, técnica e tática. “Trabalhamos contra o tempo. Visamos os fundamentos básicos, mas damos ênfase nos trabalhos físicos, de força, aeróbicos e anaeróbicos. Minha meta é que nossos goleiros cheguem pelo menos a 90% do ideal para a estreia no campeonato”, explicou Júlio César.

O preparador de goleiros afirmou que, diariamente, as atividades visam correções necessárias para que os atletas possam estar na melhor forma possível. “Isso não evita possíveis falhas, pois elas acontecem quando a gente menos espera. Mas trabalhamos para que isso não aconteça”, afirmou.

LUCAS É “O CARA” NO GOL

Com 22 anos, o carioca Lucas, natural da zona oeste do Rio de Janeiro será o guardião do Grêmio São-carlense na Bezinha. Durante cinco meses treinou em sua casa, com o intuito de manter a forma física. “Tenho um bom terraço onde moro, mas confesso que perdi um pouco a parte técnica, pois treinos remotos não são a mesma coisa. Mas deu para manter o condicionamento físico”, explicou ao São Carlos Agora.

Há mais de uma semana, com o retorno às atividades presenciais, Lucas afirmou que os treinos voltaram com uma boa intensidade. “A pegada está intensa, mas o ritmo vamos pegar com a sequência de jogos. Com os trabalhos ministrados pelo professor (Júlio César), estou confiante e acredito que irei ter bom desempenho, pois as atividades exigem que busquemos a perfeição”, comentou.

Otimista, Lucas salientou que uma boa equipe foi montada pelo Grêmio que todo o grupo está empenhado em “dar o melhor”. “Queremos alcançar coisas grandes. Vamos entrar forte e lutar para atingir a meta”, garantiu.

Natural do Rio de Janeiro, Lucas iniciou no futebol com 16 anos. Defendeu o São Carlos FC em uma Copa São Paulo e depois foi contratado pelo Botafogo Futebol e Regatas onde disputou uma nova Copa São Paulo e foi reserva de Gatito Fernandes no Campeonato Carioca, Copa Sul-Americana e Copa do Brasil.

“Ai surgiu o convite para retornar a São Carlos para defender o Grêmio e aceitei. Acredito no projeto que me foi apresentado e pretendo ficar por muito tempo neste clube”, finalizou, salientando que sua vinda deveu-se ao convite feito pelo técnico Marcus Vinícius. “Aumenta a responsabilidade. Sempre fiz bons trabalhos e tenho um nome a zelar. Quero continuar a honrar meu profissionalismo”.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias