Menu
domingo, 24 de outubro de 2021
Futsal

Gabrielzinho concretiza sonho na Liga Nacional; vibra com primeiro título e quer vida longa em São Carlos

15 Jul 2019 - 08h43Por Marcos Escrivani
Gabrielzinho concretiza sonho na Liga Nacional; vibra com primeiro título e quer vida longa em São Carlos - Crédito: Marcos Escrivani Crédito: Marcos Escrivani

O ano de 2019 está sendo a realização de vários sonhos para o ala direita Gabriel Henrique Vasquez de Paula, 24 anos. Pela primeira vez tem a oportunidade de disputar a Liga Nacional, conquistou o primeiro título estadual e quer vida longa no novo clube. Portanto, fazer história em São Carlos.

Ele é um dos jogadores que integram a equipe do São Carlos e sua história no futsal é recente. Há oito anos iniciou a carreira no Pulo do Gato, em Campinas e disputou torneios regionais e estaduais. “Mas nunca conquistei um título”, lembrou Gabrielzinho.

Mas a história do jovem atleta começou a mudar em 2018 quando enfrentou por duas vezes o time são-carlense e caiu nas graças do técnico Bruno Silva.

“Minhas características são a velocidade, gosto de driblar e se tiver a chance entortar o adversário. Fiz duas boas partidas contra o time que ele comandava e iniciamos negociação. Gostei do projeto e senti que me encaixava nele. Assinei contrato por um ano e acredito que dei um passo certo em minha vida”, analisou.

SONHOS REALIZADOS

Gabrielzinho não esconde que quer fazer do futsal seu trabalho diário. Poder ajudar sua família e constituir uma. Seu sonho está se tornando realidade em São Carlos, já que disputa pela primeira vez a Liga Nacional e já anotou cinco gols e conquistou o primeiro título paulista, recentemente, em casa, quando a equipe são-carlense goleou Taubaté por 4 a 1 e levantou a taça da Copa Paulista.

“Para comemorar até descolori o cabelo”, brincou o simpático ala. “Agora começo a pensar como vou falar isso para minha namorada (Franciane Cristina, 20 anos). Ela também reside em Campinas e é muito importante em minha vida. Nas horas difíceis me deu muita força e é a mulher que escolhi para ser minha mulher”, garantiu. “O duro é que ela não me viu frente a frente com este novo look”, emendou, sorrindo.

FAZER HISTÓRIA

Por fim, Gabrielzinho disse que pretende ter vida longa em São Carlos e quer fazer história. “O primeiro passo foi dado com o título da Copa Paulista”, analisou.

Entretanto, ele admite que isso é pouco e na Liga Nacional, a ideia é fazer com que a equipe chegue na fase decisiva e busque o título da Liga Paulista no segundo semestre. “Penso que tenho tudo para deixar meu nome marcado na história esportiva da cidade. Vou lutar muito para isso. Ainda mais porque São Carlos abraçou esta equipe. Temos uma grande torcida que nos incentiva e apoia. Prova disso foi na decisão da Copa Paulista. Nunca joguei para um público daquele tamanho. As pernas bambearam”, disse, ao se referir ao ginásio municipal de esportes Milton Olaio Filho cheio.

Para concluir, Gabrielzinho afirmou que resta apenas mais um sonho a ser realizado. “A seleção brasileira. Vou lutar para chegar lá. Para tanto pretendo ficar por um bom tempo em São Carlos e continuar no alto rendimento. Acredito que tenho condições de vestir a camisa verde e amarela”, finalizou.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias