Menu
domingo, 07 de março de 2021
Esportes

Esporte em Discussão

01 Jul 2016 - 08h10Por Gustavo Curvelo (colaborador)
Foto: Arquivo/SCA - Foto: Arquivo/SCA -

PODER PÚBLICO

Alguns pontos chamam a atenção no cenário político municipal. Afinal, não bastassem os recentes conflitos envolvendo a Secretaria da Fazenda, as acusações de práticas ilícitas em gestões passadas e algumas "relevantíssimas" audiências públicas realizadas - não todas, é claro -, um novo capítulo ganha destaque agora na atual gestão, desta vez envolvendo a Secretaria de Esportes e Lazer.

ALTERNÂNCIA
Calma, amigo leitor, não é nada grave abrangendo o setor financeiro ou a administração como um todo, mas a possível troca de secretário (de novo?!). Explica-se: o PMDB, que lançou seu pré-candidato a prefeito, anunciou a ruptura com o mandato tucano e, consequentemente, o esforçado atual secretário da pasta, Ronaldo Pacheco, pode perder seu espaço por questões políticas.

AGORA VAI!
Se isto acontecer, Paulo Altomani terá que nomear o quinto secretário em cerca de três anos e meio de mandato. Anteriormente, passaram pelo cargo Zezão Favoretto, Marcelo Sangaletti e Antônio Rubens Ratti, sendo que o último, por ser pré-candidato a vereador, precisou desligar-se por conta da obrigatoriedade imposta na legislação.

RECORDEMOS
Vale lembrar que o orçamento anual da secretaria gira em torno de R$ 1,5 mi, até por uma questão de prioridades. Alguns eventos, inclusive, são de caráter obrigatório, logo o valor disponível para a fomentação de projetos é em tese ainda menor.

DEMOROU PRA MUDAR
Sobre mudança, quem precisava rever seus conceitos é a Federação Paulista de Futebol (FPF). Nesta semana, a entidade começou a promover algumas alterações no que diz respeito à Copa Paulista, competição habitualmente disputada no segundo semestre por equipes sem calendário das Séries A1, A2 e A3 ao término do estadual, inclusive o São Carlos FC.

MELHOROU
Ao contrário das últimas edições, a entidade não disponibilizará apenas ao campeão o direito de participar da Copa do Brasil, mas o campeonato fornecerá também uma vaga no Campeonato Brasileiro Série D de 2017. Assim, o vencedor geral opta pela participação em uma das competições, com o vice ocupando o outro posto.

IRONIA
De caráter informativo: a Copa Paulista 2016 terá menos de 30 times participantes e a continuidade em alguns jogos do projeto "Futebol Sustentável" (em que torcedores trocam duas garrafas PET por um ingresso). O interessante é o texto da FPF que cita a volta, em alguns confrontos, das rodadas duplas e preliminares, um "antigo desejo do torcedor paulista", conforme consta no texto. A Liga de Futebol Paulista, onde se encontra o Grêmio São-carlense, já realiza o procedimento, com êxito.

EM CAMPO
O São Carlos FC estreia na Copa Paulista neste sábado, 2, às 17h, contra a Matonense no Luisão. Na preparação, a Águia fez apenas um jogo-treino, no empate em 1 a 1 contra o Palmeirinha de Porto Ferreira - que disputa a quarta e última divisão estadual - em casa. Segundo relatos, o time da terra da porcelana teve duas chances claras de gol em que o árbitro assinalou impedimento erroneamente.

TOCHA
No dia 18 de julho, São Carlos recebe a tocha olímpica, o que não é novidade pra ninguém. O custo para atender as exigências impostas ficou em torno de R$ 15 mil, embora ainda sejam buscadas parcerias para desinchar o valor a ser desembolsado. Este colunista não consegue ver vantagem em trazer o evento para a cidade, com todo o respeito.

VALE A PENA COPIAR?
Em São José do Rio Preto, o Rio Preto EC teve a interessante ideia de marcar um amistoso entre diretoria e imprensa local no Estádio Anísio Haddad. Os profissionais da comunicação venceram por 4 a 0. Se a proposta fosse acatada pelo São Carlos FC, o compromisso poderia ser utilizado também como uma apresentação da diretoria, já que ninguém da imprensa conhece os diretores, todos eles provenientes de fora da cidade.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias