Menu
sábado, 08 de agosto de 2020
Na luta por recursos

Em dificuldades, clubes da Série B se unem e pedem ajuda para a FPF e CBF

20 Abr 2020 - 09h28Por Marcos Escrivani
"Sabemos que a FPF e a CBF ajuda as grandes equipes e porque não auxiliar as equipes da Segunda Divisão também?", disse Boldrin - Crédito: Divulgação"Sabemos que a FPF e a CBF ajuda as grandes equipes e porque não auxiliar as equipes da Segunda Divisão também?", disse Boldrin - Crédito: Divulgação

Através de um grupo de WhatsApp, os 42 gestores que cuidam de equipes que irão disputar o Campeonato Paulista da Série B este ano, iniciaram um movimento de solicitar ajuda para a Federação Paulista de Futebol (FPF) e Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O São Carlos Agora soube da iniciativa após postagem de Marcelo Boldrin, vice-presidente de futebol do São Carlos FC. Indagado, revelou que todos os clubes passam por dificuldades financeiras, agravadas pela pandemia da Covid-19 que obrigou a FPF a adiar o início dos jogos, obedecendo recomendação do Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde para que se evite aglomerações.

Preocupado, o dirigente da Águia não escondeu a sua preocupação, salientando que não descarta a possibilidade de clubes falirem, desistirem do campeonato e sofrerem ainda mais com a falta de recursos, pois existe a possibilidade, caso a competição aconteça no segundo semestre, ser realizada com portões fechados. “Por isso que o auxílio da FPF e da CBF é fundamental para que clubes no interior continuem a existir”, comentou, ponderando que dos pequenos é que surgem grandes atletas.

“Esta iniciativa houve quando o grupo de gestores de suas equipes optaram por montar no Whatsapp um grupo para nos unirmos em favor do futebol e com isso começarmos uma discussão onde possamos juntos, com a FPF achar uma forma de minimizar as dores que os clubes sentem. Sabemos que esta pandemia não é brincadeira, mas também não podemos parar no tempo”, disse Boldrin. “Todos os dias há temas diferentes onde os gestores  opinam e votam”, emendou.

Boldrin enfatizou que todos os clubes foram muito prejudicados com a pandemia e com isso acumulam prejuízos e problemas. “Sabemos que a FPF e a CBF ajuda as grandes equipes e porque não auxiliar as equipes da Segunda Divisão também? Muitos clubes tem funcionários de diversas funções, atletas, motoristas, técnicos, cozinheiras, limpeza dentre outros e está tudo parado. Assim são seriamente prejudicados. Tem clubes que talvez da forma que retornarem, poderão sequer disputar e todos nós cremos que se a FPF e a CBF quiserem ajudar as pequenas equipes irão minimizar os problemas e dar uma injeção para que todas venham realmente  participar da competição e honrar seus compromissos com todos os envolvidos”, comentou.

PÓS-PANDEMIA

Boldrin relatou ainda que o retorno das atividades após pandemia da Covid-19 poderá ter algumas alterações nas normas com algumas exigências por conta deste vírus, mas também acredita que irá vencer.

“Tudo indica neste quadro que estamos vivenciando, que as partidas caso sejam com portões fechados e sem arrecadação, irão trazer ainda mais problemas para todas as equipes”, ponderou.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias