Menu
sexta, 05 de março de 2021
Esportes

Copa Evangélica: Treinador da QPA comemora campanha, mas lembra que “ainda não é o que a gente espera”

26 Mar 2016 - 06h17Por Gustavo Curvelo (colaborador)
Após início impecável, time do técnico Zinho [foto] está praticamente classificado (Foto: Gustavo Curvelo/Divulgação - Após início impecável, time do técnico Zinho [foto] está praticamente classificado (Foto: Gustavo Curvelo/Divulgação -

Campanha na Copa Evangélica de futebol de campo como a da Quem Procura Acha (QPA) não há. Com a segunda posição do Grupo B e um jogo a menos em relação à líder Nazareno (12), o time tem 100% de aproveitamento e incríveis dez pontos somados em três partidas disputadas - um ponto foi conquistado pelo título do torneio início -, ostentando inclusive uma distância considerável para o quinto colocado, de sete pontos.

No último final de semana, mais uma vitória: após primeiro tempo sem balançar as redes - mas com direito a duas bolas na trave da equipe adversária -, a QPA bateu o Ministério Celular da Aliança por 4 a 2. Os gols do time foram anotados por Alex (2), Jailson e Kekê.

Do banco de reservas, as orientações foram dadas pelo treinador Luiz Antônio Almeida, o Zinho, que mesmo com mais três pontos conquistados, acredita que seus comandados podem render ainda mais.

"Não acho que fomos bem no primeiro tempo, pois nos postamos um tanto errado e por isso acabamos sem conseguir nos impor no jogo. No segundo tempo melhorou, fizemos os três pontos e uma boa vitória, mas ainda não é o que a gente espera", salienta.

No entanto, ele ressalta o companheirismo do elenco. "Nosso time é formado pela união, parceria, amizade e sinceridade de todos, sempre respeitando os outros, e isso já é meio caminho andado. Com um grupo unido como no nosso caso, a chance de sucesso é muito maior", destaca o treinador.

Já dentro de campo, motivos não faltam para o torcedor da equipe, que tem comparecido em bom número no decorrer do campeonato, acreditar em uma campanha duradoura, possivelmente até com o título. Ao menos é o que Zinho chama a atenção.

"Temos muitos jogadores experientes e isso pode nos ajudar, pois a QPA é um time que chegou pra tentar ser campeão. Sabemos que outros times também estão muito bem e respeitamos isso, mas vamos buscar os nossos objetivos dentro do campeonato", disse o treinador.

Mas, para o momento, a meta é manter a atenção em cada partida. "Precisamos manter o foco, preparando a equipe lá pra frente. Chegamos aos dez pontos e estamos muito próximos da classificação, mas temos a pretensão de fazer ao menos mais seis pontos nessa primeira fase e dar ritmo para alguns jogadores que estão jogando menos que os outros"

"Estudamos também as equipes da outra chave para possíveis cruzamentos na segunda fase, e até mesmo o pessoal do nosso grupo, pois sabemos que podemos nos enfrentar lá na frente de novo. Mas, independente disto, precisamos fazer a nossa parte", completa Zinho.

Neste sábado, 26, a Quem Procura Acha pode chegar ao primeiro posto no Grupo B. Dois pontos atrás da Nazareno, a equipe realiza sua partida da quarta rodada diante do Quadrangular São José. O duelo está marcado para o estádio municipal Luiz Estevam de Siqueira, o Zuzão, às 13h. A entrada ao público é gratuita.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias