Menu
domingo, 28 de fevereiro de 2021
Esportes

Brasil abre vantagem, mas fica no 2 a 2 com o Uruguai

26 Mar 2016 - 00h42Por Redação
Foto: Rafael Ribeiro/CBF - Foto: Rafael Ribeiro/CBF -

A Seleção Brasileira fez um bom primeiro tempo e abriu vantagem de dois gols sobre o Uruguai, mas foi surpreendida com uma reação do adversário e ficou apenas no empate por 2 a 2 na Arena Pernambuco em partida pela quinta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo nesta sexta-feira.

Com o resultado, o time de Dunga fica na terceira colocação com oito pontos, à frente de Paraguai e Argentina, ambos com a mesma pontuação mas uma vitória a menos. O Uruguai, como dois pontos a mais, é o segundo colocado, atrás apenas do líder Equador, com 13.

Logo no primeiro lance do jogo, a Seleção Brasileira já abriu o placar. Com 40 segundos de bola rolando, Douglas Costa completou cruzamento de Willian e fez a festa da torcida pernambucana. Aos 25 minutos, Renato Augusto ainda ampliou em um lindo lance. O ex-jogador do Corinthians recebeu belo passe de Neymar e deu umm drible de corpo no goleiro Muslera, tocando para o gol vazio.

A reação uruguaia, no entanto, começou ainda na primeira etapa, aos 31 minutos. Álvaro Pereira driblou Willian e cruzou, Sánchez tocou de cabeça para trás e Cavani completou para o gol. No início do segundo tempo, logo aos dois minutos, Suárez deixou tudo igual. O atacante do Barcelona recebeu pela esquerda e bateu forte para vencer o goleiro Alisson e garantir o empate.

As duas equipes voltam a campo na próxima terça-feira, pela sexta rodada das Eliminatórias. Às 20h, o Uruguai recebe o Peru no Estádio Centenário, em Montevidéu. O Brasil joga às 21h45, contra o Paraguai no Defensores Del Chaco, em Assunção. (futebolpaulista.com.br)

BRASIL 2 X 2 URUGUAI

BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Miranda, David Luiz e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Fernandinho (Philippe Coutinho) e Renato Augusto; Willian (Lucas Lima), Neymar e Douglas Costa (Ricardo Oliveira). Técnico - Dunga.

URUGUAI: Muslera; Fucile, Coates, Victorino e Álvaro Pereira; Arévalo Rios, Carlos Sánchez (Stuani), Vecino e Cristian Rodríguez (Álvaro González); Luis Suárez e Cavani. Técnico - Óscar Tabárez.

GOLS - Douglas Costa aos 40 segundos, Renato Augusto aos 25 minutos e Cavani aos 31 minutos do primeiro tempo; Luis Suárez aos 2 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Néstor Pitana (Argentina).

CARTÕES AMARELOS - Daniel Alves, David Luiz e Neymar (Brasil); Luis Suárez (Uruguai).

RENDA - R$ 4.961.890,00.

PÚBLICO - 45.010 presentes.

LOCAL - Arena Pernambuco, em Recife (PE).

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias