Menu
domingo, 28 de fevereiro de 2021
Esportes

Autor do “gol que Pelé não fez”, Laírton celebra campanha da Metodista

16 Mar 2016 - 18h10Por Gustavo Curvelo (colaborador)
Laírton marcou do meio de campo contra a Sara Nossa Terra. Foto: Gustavo Curvelo/Divulgação - Laírton marcou do meio de campo contra a Sara Nossa Terra. Foto: Gustavo Curvelo/Divulgação -

Até então sem nunca ter conquistado vitórias na história da Copa Evangélica, a Metodista, que participa dos torneios da entidade há dois anos, começou bem a competição 2016 de futebol de campo: em três partidas disputadas, a equipe acumula seis pontos, com duas vitórias e apenas uma derrota.

Na estreia, triunfo por 5 a 4 diante do Quadrangular São José. Depois, derrota apertada para a Quem Procura Acha, por 4 a 3. E, no último final de semana, o segundo bom resultado: contra a Sara Nossa Terra, a equipe apresentou um bom futebol e bateu a adversária por 7 a 3, chegando ao terceiro lugar do Grupo B.

Nesta última partida, um dos destaques foi Laírton. Autor de dois tentos, o atleta impressionou pelo quinto gol do time na partida, o primeiro dele no jogo, em que percebeu o goleiro adiantado e, ao receber passe no meio de campo, bateu firme, encobrindo o camisa 1 da Sara Nossa Terra.

Satisfeito com o feito protagonizado, o atleta faz sua análise não só do gol artístico, que nem Pelé conseguiu fazer, mas também do confronto como um todo. "É um gol um pouco difícil de ver e também de conseguir acertar, mas na jogada eu vi o goleiro fora do gol e coloquei na mente que se a bola viesse pra mim eu iria arriscar. Ela veio, fui feliz no chute e aí foi só comemorar"

"Sobre a partida, tivemos alguns erros, tanto que tomamos três gols, mas como um todo avalio o jogo como positivo, pois não abaixamos a cabeça, fomos atrás do resultado, conseguimos nos impor e sair com a vitória", disse Laírton.

O atleta, apesar dos bons resultados obtidos, sabe que a Metodista ainda carece acertar alguns fundamentos para poder seguir surpreendendo na competição. Responsável por anotar 15 gols - média de cinco por partida -, a equipe também peca no setor defensivo: são 11 gols sofridos, mesmo com as boas atuações do goleiro Daniel.

Perguntando sobre a situação, Laírton aponta a prática como eventual solução. "É meio complicado, porque a gente faz bastante gol, mas também tomamos muito. Estamos tentando corrigir isso, arrumando algumas coisas, e esperamos obter resultados aos poucos e seguir em frente para ver se melhora cada vez mais", ressalta.

Em relação à continuidade do campeonato, o camisa 13 não esconde os sonhos da equipe. Em virtude de sua ascensão, a Metodista não quer estacionar nas próximas rodadas, pretendendo seguir como surpresa até onde for possível.

"O primeiro objetivo é a classificação. Daí pra frente, vemos o que acontece. Para o momento, o foco é seguir pensando em um jogo de cada vez. Demos passos importantes, mas não temos nada garantido. E assim vamos seguir brigando para atingir nossas metas", completa Laírton.

Na terceira colocação do Grupo B, a Metodista volta a campo no sábado, 26, a partir das 13h, diante do Ministério Celular da Aliança. O duelo acontece no clube de campo da Associação Beneficente dos Alfaiates de São Carlos (Abasc) e tem entrada gratuita ao público.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias