Menu
quarta, 12 de agosto de 2020
Atividades remotas e lives

Após entrevista no SCA, equipe paralímpica de São Carlos ganha notoriedade na imprensa

14 Jul 2020 - 07h59Por Marcos Escrivani
Após entrevista no SCA, equipe paralímpica de São Carlos ganha notoriedade na imprensa - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Há algumas semanas, nesta época de pandemia da Covid-19 e de isolamento, onde as atividades esportivas estão temporariamente suspensas, para que os atletas de alto rendimento não fiquem inativos, técnicos e preparadores físicos elaboraram trabalhos remotos (realizados nas residências), além de lives com personalidades em suas respectivas modalidades esportivas.

A equipe de natação paralímpica LCN/Aquário Fitness, que possui campeões brasileiros e paulistas seguiu o exemplo através de uma iniciativa do técnico Mitcho Bianchi e às quartas-feiras (à noite) realiza lives com personalidades e convidados, além de atletas. Paralelamente orienta os seus nadadores com atividades que devem ser realizadas em seus domicílios.

A iniciativa foi reportada pelo São Carlos Agora e ganhou notoriedade. Já foi destacada pela EPTV Central e no dia 25 de junho foi manchete da TV Aparecida (a gravação aconteceu no dia 22), no programa Central da Esperança, exibido das 13h às 14h.

“O Central da Esperança é um programa jornalístico que tem  divulgado para o Brasil boas ações de superação dos desafios durante a pandemia. Foi uma reportagem muito bem elaborada e agradeço a oportunidade ao produtor Fábio Soares, a repórter Gabriela Leite, aos operadores de câmeras, editores e toda a equipe de jornalismo da TV Aparecida”, disse Mitcho Bianchi, em entrevista ao SCA. “É importante ter reportagens mostrando coisas positivas e levando esperança para as pessoas”, complementou o treinador ao se referir a reportagem da emissora de TV.

MOMENTO DE SATISFAÇÃO

Ao SCA Mitcho reforçou que hoje, a preocupação da equipe é com o ser humano. Posteriormente a questão mental, que mexe com a ansiedade e pode até causar depressão, uma vez que os atletas são ativos e em isolamento, podem perder o ânimo.

“Pensei muito e resolvi proporcionar atividades remotas para que os paratletas tenham um compromisso diário com o próprio organismo. Posteriormente as lives, ondem podem se sentir úteis e ativos”, explicou.

Na oportunidade Mitcho não esqueceu a participação da imprensa, que tem valorizado e amplificado o trabalho realizado pelo time. “Temos campeões em São Carlos e o fato de, nesta época de pandemia, eles serem notícias é algo valioso e importante, pois mesmo home-office mostram o trabalho que realizam de olho quando as atividades voltarem a ser presenciais”, disse Mitcho.

A entrevista de Mitcho Bianchi pode ser assistida no link https://www.youtube.com/watch?v=XomKuRSuC_0

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias