segunda, 15 de agosto de 2022
Uma grata surpresa

Alunos do Jesuíno de Arruda surpreendem nos Jogos Escolares

Quatro representantes da escola sagram-se campeões das fases municipal e regional do tênis de mesa e vão disputar o título estadual

04 Jul 2022 - 09h50Por Marcos Escrivani
Talentosos, mesatenistas do Jesuíno de Arruda brilham nos Jogos Escolares ao lado da técnica (e professora) Sabrina - Crédito: Marcos EscrivaniTalentosos, mesatenistas do Jesuíno de Arruda brilham nos Jogos Escolares ao lado da técnica (e professora) Sabrina - Crédito: Marcos Escrivani

Os alunos Kouken Borges Tanaka, Lucas Sperandio, Jhonata Caetano dos Santos e Leonardo Henrico Gonçalves, com idades entre 15 e 17 anos e que cursam o Ensino Médio da Escola Estadual Jesuíno de Arruda brilharam na categoria infantil nas fases municipal e estadual dos Jogos Escolares do Estado de São Paulo e após conquistarem dois títulos consecutivos no tênis de mesa, se qualificaram para as finais da competição e vão buscar o título estadual que será realizado de 1º a 8 de agosto em Praia Grande, litoral paulista.

Liderados pela técnica (e professora de Educação Física) da instituição de ensino, Sabrina Graziela Nogueira, os quatro alunos estão invictos após duas fases.

Na municipal venceram os quatro jogos que disputaram e mantiveram o bom rendimento na fase regional quando superaram os representantes das escolas estaduais de Araraquara (E.E. Oacyr A. Ellero) e de Ibitinga (E.E. Ângelo Martino). A “cereja do bolo” é que além de invictos, não perderam ainda um set sequer. A fase estadual foi realizada no dia 30 de junho, no Sesc de Araraquara.

Em entrevista ao São Carlos Agora, Sabrina Nogueira que está há quase um ano exercendo as funções de professora de Educação Física não escondeu a felicidade, salientando que os Jogos Escolares são uma atividade extra para os alunos e ao ter conhecimento que o Jesuíno de Arruda possuía talentos no tênis de mesa, montou uma equipe.

“Eu sabia que eles (os alunos mesatenistas) jogavam bem. Lancei o desafio e eles aceitaram. Mas sinceramente não esperava que essa galera iria tão longe. Foi uma surpresa maravilhosa. Todos jogam bem demais”, elogiou a professora.

AGORA O “BICHO PEGA”

Kouken, Lucas, Jhonata e Leonardo se qualificaram para as finais e ao lado da professora Sabrina estão entre os representantes das oito cidades classificadas nos Jogos Escolares.

Se antes os treinos aconteciam duas a três vezes por semana, até agosto passarão a ser diários, com o apoio do Sesc São Carlos e de um centro de treinamento que abriram as portas para que eles possam sonhar alto.

“Agora que chegamos até aqui, temos que ter esperança e buscar a superação. Como chegaram na elite, vamos acreditar no título. Por que não?” indaga Sabrina. “Já estou muito feliz pelo que eles fizeram, até onde chegaram. Mas sonhar não custa nada. E como estão se empenhando muito, vamos em busca de um objetivo maior”, emendou.

Sabrina, na oportunidade, fez questão de lembrar o apoio que recebeu dos docentes e da direção da escola na preparação do time de mesatenistas do Jesuíno. “Há um ditado que diz que sem treino, não há conquistas. E se meus alunos treinos, é porque toda a escola se uniu em um propósito. Então, a vitória é de todos. Por isso agradeço de coração a todos os professoras e a direção da escola que dispensaram os alunos quando havia a necessidade para que eles treinassem para as fases municipal e estadual”, reconheceu a professora de Educação Física.

Leia Também

Últimas Notícias