Menu
domingo, 22 de setembro de 2019
Briga pelo clube na Justiça continua

Águia volta para Julinho Bianchim, mas Carlos Antunes entra com recurso

22 Ago 2019 - 09h30Por Marcos Escrivani
Águia volta para Julinho Bianchim, mas Carlos Antunes entra com recurso - Crédito: Marcos Escrivani Crédito: Marcos Escrivani

O empresário e fundador do São Carlos FC, Julinho Bianchim ganhou recurso na Justiça e no dia 7 de agosto o juiz Milton Coutinho Gordo deu parecer favorável. Mas Carlos Antunes, então presidente, entrou com novo recurso no Tribunal de Justiça em São Paulo e o imbróglio na Justiça continua. Um novo parecer será dado em até 60 dias.

Na manhã desta quinta-feira, 22, o São Carlos Agora entrevistou o empresário são-carlense que não escondeu a sua insatisfação pela forma como está sendo tratado pelo clube.

“Aqui em São Carlos, o Antunes não ganha mais nada. Por isso entrou com recurso no Tribunal de Justiça. Mas ele conseguiu isso porque um desembargador se baseou em suas informações, que não são as verdadeiras”, disse. “O Antunes (Carlos) quer brigar na Justiça para ganhar tempo e ferrar o clube. Lesar ainda mais e torna-lo inviável de se tocar. Deixar o São Carlos com mais dívidas ainda”, disse Julinho.

VAI LUTAR ATÉ O FINAL

Julinho afirmou que o São Carlos já é seu. “Se você olhar na Jucesp verá que o clube está 100% em meu nome. Mas temos que esperar os trâmites legais. Pode demorar, mas vou ter o São Carlos de volta”, garantiu. “Tenho provas documentais que o Antunes não cumpriu as bases acordadas em contrato. Somente endividou o clube”.

Indagado sobre o futuro da Águia em torneios profissionais, Julinho foi bem objetivo ao salientar que não deixará o clube encerrar as atividades. “Não vou pegar o clube do zero (sem dívidas). Na verdade, pelo que apurei, hoje o São Carlos é devedor (está no vermelho em R$ 2 milhões). Por isso não sei como irei fazer, mas prometo que vamos disputar a Série B do Campeonato Paulista”, disse.

A reportagem procurou Carlos Antunes. Entretanto não obteve resposta até o fechamento da matéria.

ESTADO DE ABANDONO

Quem for ao estádio municipal Professor Luís Augusto de Oliveira, o Luisão, onde está sediado o São Carlos, se sentirá triste com o abandono.

A secretaria, bem como a cozinha e o alojamento onde ficam os atletas, estão fechados. Não há funcionários do clube no estádio e muito menos jogadores sub20, que deveriam iniciar a preparação para a Copa São Paulo, que será em janeiro de 2020. A única certeza é que Marcus Vinícius, por enquanto é o técnico da categoria.

Sobre a Copa São Paulo, a perspectiva é que o clube não dispute, uma vez que em setembro é a data limite para que o São Carlos faça a inscrição dos jogadores na Federação Paulista de Futebol e comprove vínculo. Se passar a data, automaticamente o time estará fora da competição.

Em busca de informações, o SCA apurou que Carlos Antunes teria ordenado que todos os funcionários ficassem em casa “até segunda ordem”. Paralelamente não teria ainda, estipulado uma data de retorno às atividades (amadoras e/ou profissionais).

Após pífia campanha na Série A3 do Campeonato Paulista onde venceu apenas um em quinze jogos, o clube foi rebaixado (pela segunda vez) para a Série B em 2020.

O campeonato normalmente inicia-se em abril. Contudo o congresso técnico da competição é realizado no final do ano, quando cada clube confirma (ou não) a participação. Dependendo do imbróglio judicial, teme-se até a não participação da equipe profissional na próxima temporada.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias