Menu
terça, 26 de janeiro de 2021
Karatê

Adriano Wada realiza intercâmbio no Mundial de Madrid

19 Dez 2018 - 07h35Por Redação
Adriano Wada realiza intercâmbio no Mundial de Madrid - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Mais uma edição do Campeonato Mundial Sênior de Karatê da WKF foi finalizada. Desta vez foi em Madrid, na Espanha, entre os dias 6 e 11 de novembro.

Com a presença de mais de 1200 atletas de mais de 130 países, o evento bateu recorde de participação de atletas em mundiais, segundo a organização.

No mundial de 2016 em Linz na Áustria, foi registrado a participação de 1049 atletas de 110 países. Em 2014, em Bremen na Alemanha, com 700 atletas de 116 países. Em 2012 o mundial foi realizado em Paris, França e teve a participação de 990 competidores de 116 países. Com esse aumento de atletas em mundiais, nota-se que o karatê está sempre crescendo e abrangendo mais e mais países do mundo.

O professor são-carlense Adriano Wada recém chegado de Madrid, acompanha o mundial desde 2012 em Paris e cada vez retorna mais experiente. “São seis dias de competição com os melhores atletas do mundo”, disse.

Adriano é técnico da equipe Wada São Carlos e integra a comissão técnica da Seleção Paulista. Ele tem como prioridade focar intercâmbios, pois, segundo diz, “é uma das melhores maneiras de capacitação e assim conseguindo organizar melhor a estrutura dos planos de treinamentos para os atletas”.

“A experiência é muito grande. Agora com o karatê nas Olimpíadas todos os atletas se preparam ao máximo buscando pontos no ranking mundial. Vamos ficar atentos aos resultados do evento, pois os que subiram no pódio podem participar das olimpíadas de 2020”, ressaltou.

RESULTADOS

Kata feminino individual. Em 1º lugar a espanhola Sandra Sanchez, em 2º lugar a japonesa, Kiyou Shimizu, o 3º lugar ficou com a atleta de Hong Kong, Grace Lau Mo Sheung.

Kumite feminino individual -50kg.Em 1º lugar ficou a japonesa Miyahara Miho, 2º lugar com a atleta da Turquia, Ozcelik Serap. Em 3º lugar ficou a atleta da Austria, Bettina Plank.

Kumite feminino individual -55kg.1º lugar a polonesa, Dorota Banaszczyk, 2º lugar a alemã Jana Bitsch, 3º lugar para a chinesa de Taipei, Yun Wen Tzu.

Kumite feminino individual -61kg. 1º lugar a atleta da Sérvia, Jovana Prekovic, 2º lugar a chinesa Yin Xiaoyan e a terceira colocada foi a atleta do Marrocos, Sadini Btissam.

Kumite feminino individual -69kg. Em 1º Lugar representando o Azerbaijão, Irina Zaretska, 2º lugar ficou a russa Victoria Isaeva, em 3º a atleta da Argélia, Lamya Matoub.

Kumite feminino individual +68kg. Em 1º lugar a grega, Eleni Chatziliadou, 2º lugar a japonesa Ayumi Uekusa, e o 3º lugar ficou com a egípcia Shymaa Abouel.

Kata feminino em equipes, o pódio ficou na seguinte ordem, Japão em primeiro lugar, logo em segundo a Espanha e em terceiro a equipe italiana.

Kumite feminino em equipes. O pódio foi composto pela equipe francesa em primeiro lugar, em segundo a equipe japonesa, seguida pela equipe espanhola em terceiro lugar.

Kata masculino individual, o japonês Ryo Kiyuna venceu o espanhol Damian Quintero na final da categoria e acabou sagrando-se tricampeão mundial (2014, 2016 e agora 2018). Em terceiro lugar ficou o turco Ali Sofuoglu.

Kumite masculino individual -60kg. Em 1º lugar ficou o italiano Angelo Crescenzo, em º2 lugar o japonês Naoto Sago. Na terceira colocação da categoria ficou o atleta do Cazaquistão, Darkhan Assadilov.

Kumite masculino individual -67kg. A final entre o brasileiro Vinicius Figueira e o francesa Esteven Dacosta foi uma das que foram transmitidas para o Brasil em canal pago pela tv. A luta já estava quase ganha quando nos últimos segundos de luta o brasileiro se distrai e o frances consegue virar o placar e acaba ficando com o ouro da categoria. O bronze ficou com o chileno Camilo Velozo.

Kumite masculino individual -75kg. Em 1º lugar ficou o Iraniano, Bahman Asgari, na segunda colocação ficou o italiano Luigi Busa seguido pelo terceiro colocado, o japonês Ken Nishimura. Rafael Aghayev foi o segundo terceiro colocado do pódio na categoria.

Kumite masculino individual -84kg. 1º lugar, Ivan Kvesic da Croácia, 2º lugar o ucraniano, Valeri Chobotar. Em 3º lugar ficou o iraniano Zabiollah Poorshab.

Kumite masculino individual +84kg. O alemão Jonathan Horne ficou em 1º lugar, em 2º o iraniano Sajad Ganjzadeh. Em 3º ficou o espanhol Babacar Seck.

Kumite masculino em equipes. 1º lugar ficou o Irã, 2º lugar a Turquia, o 3º colocado foi o Japão.

Kata masculino em equipes. O pódio ficou assim, 1º lugar o Japão, 2º lugar a Espanha e em 3º lugar a equipe do Irã. O tricampeão mundial de kata Ryo Kiyuna fazia parte da equipe do Japão.

Neste mesmo evento teve competição do ParaKarate (WKF PARA-Karate Championships 2018). Tivemos brasileiros participando do evento, Júlio Pereira, Paula Gomes, Debora Knihs, participando na categoria para atletas com deficiência visual. Os dois cadeirantes, Jaime Ruiz, e Jonas Amaral.

Infelizmente nem todos subiram ao pódio.

Debora Knihs ficou em segundo lugar na sua categoria para deficientes visuais, em quarto lugar ficou a também brasileira, Paula Silva.

Na categoria para cadeirantes, Jaime Ruiz ficou com o bronze.

Ao final da competição, foram anunciados os atletas estrelas do evento, Ryo Kiyuna e Kiyou Shimizu do Japão, a brasileira Debora Knihs, Dorota Banaszczyk da Polônia, o francês Esteven Dacosta e a egípcia Abdelaziz Abouelnaga, receberam um troféu de reconhecimento pelos seus feitos na competição. Os atletas foram selecionados após uma votação por fãs na página da WKF no Facebook.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias