Menu
segunda, 01 de março de 2021
Entretenimento

Veja as atrações do Sesc para o final de semana

08 Jul 2016 - 05h34
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

SHOWS MUSICAIS

Lê Lopes

Mais que samba, uma prece

O projeto é um resgate da cultura africana e seus descendentes. A religiosidade é reverenciada por meio de letras e músicas que falam dos Orixás e suas divindades, trazendo ao palco um estudo delicado de parte de sua cultura e composições de grandes nomes como Tereza Cristina, Vinicius de Morais, Baden Powell, Arlindo Cruz, Clementina de Jesus, entre outros.

Dia 8, sexta, às 20h.

Área de convivência externa. GRÁTIS. Livre

Cantinho da Viola

Pedro Henrique e Adriano

Naturais de São Carlos, são amigos desde a infância e se apresentam profissionalmente desde 2011, destacando-se na cena musical de São Carlos e região.

Dia 10, domingo, às 10h.

Área de convivência externa. GRÁTIS. Livre

Fernando e Osmair

Fernando na viola e Osmair no violão têm talento que se compara aos mais renomados violeiros do Brasil e são considerados como a grande revelação do estilo dupla caipira de raiz. Já participaram de cinco festivais de moda de viola, sendo que em quatro conquistaram o primeiro lugar. Em 2006 ganharam o título de melhor dupla caipira raiz, do prêmio Tião Carreiro, promovido pela revista Viola Caipira, de Belo Horizonte.

Dia 10, domingo, às 10h45.

Área de convivência externa. GRÁTIS. Livre

Sons da Tarde - Mês do Rock

Programação que privilegia a diversidade dos estilos musicais e busca transformar as tardes de domingo em uma opção de lazer diferenciada para o público.

Crockodilo Rock

Formada em 2005 com a proposta de tocar os grandes sucessos do rock nacional da década de 80, a banda lançou seu primeiro cd "Gasolina" em 2013. No show, repertório autoral e releituras de grandes sucessos.

Dia 10, domingo, às 16h.

Área de convivência externa. GRÁTIS. Livre

--

Foto: Branca ArrudaO Universo numa Casca de Nós

"O nitrogênio em nosso DNA, o cálcio em nossos dentes, o ferro em nosso sangue, o carbono em nossas células... fomos feitos no interior de estrelas mortas, somos feitos de poeira estelar." Carl Sagan

De julho a setembro, a astronomia é o ponto de partida para uma série de programações que contempla oficinas, bate-papos, vivências e apresentações. Intitulado em referência ao livro "O Universo numa casca de noz", do físico Stephen Hawking, o projeto aborda a amplitude das influências que a observação do céu provoca na vida humana: da agricultura à filosofia, das descobertas tecnológicas aos estudos climáticos, da poesia ao entendimento quanto ao sentido da vida.

Tecnologias e Artes

Lançamentos de foguetes de garrafa PET

Com AsterDomus Planetarium

Os participantes aprendem a construir um foguete de garrafa PET e um conjunto para montagem. Em seguida, o foguete de cada participante é lançado numa base com contagem regressiva e efeitos sonoros. Durante a confecção e montagem dos foguetes, os participantes conhecem noções básicas de aerodinâmica e astronáutica.

Dias 16 e 17, sábado e domingo, das 14h às 16h.

Sala multiuso. GRÁTIS. Inscrições na Central de atendimento. 20 vagas por dia. 12 anos

O céu no seu computador

Com educadores de tecnologias e artes

Conheça e experimente aplicativos que simulam a abóboda celeste em tempo real, para observar estrelas, constelações, planetas e muito mais, tudo por meio da tela do computador, como se estivesse ao ar livre, olhando para o céu.

Dia 21, quinta, das 16h às 17h30.

Espaço de tecnologias e artes. GRÁTIS. Inscrições no local e horário da atividade. 14 vagas. 12 anos

Rosa dos ventos

Com AsterDomus Planetarium

Os participantes montam e aprendem a usar uma Rosa dos Ventos, um antigo instrumento usado para localizar com precisão os diferentes pontos cardeais e suas intermediações. Nesta oficina você adquire noções básicas de orientação, navegação, geomagnetismo etc.

Dia 23, sábado, das 14h às 16h.

Galpão. GRÁTIS. Inscrições na Central de atendimento. 20 vagas. 10 anos

Relógio de Sol

Com AsterDomus Planetarium

Venha aprender a montar e utilizar um relógio solar horizontal, orientando-o com bússola ou com o próprio Sol.

Dia 24, domingo, das 14h às 16h.

Sala multiuso. GRÁTIS. Inscrições na Central de atendimento. 20 vagas. 10 anos

O Universo na palma da mão

Com educadores de tecnologias e artes

Conheça os melhores aplicativos de astronomia para dispositivos móveis e explore o espaço e os corpos celestes sem a ajuda de um telescópio. Cada participante deve trazer seu aparelho celular.

Dia 28, quinta, das 15h às 17h.

Espaço de tecnologias e artes. GRÁTIS. Inscrições no local e horário da atividade. 14 vagas. 14 anos

Vivência

Observação astronômica: céu noturno com telescópio

Com o grupo de Astronomia da UFSCar

O Universo está esperando você descobri-lo! Venha apreciar as maravilhas do céu noturno. Dentre os corpos celestes visíveis na ocasião, destacam-se a Lua, Júpiter, Marte e diversos objetos do céu profundo como aglomerados estelares e nebulosas.

Atividade sujeita às condições meteorológicas - pode ser cancelada em caso de chuva e vento forte ou tempestade elétrica.

Dia 12, terça, das 18h30 às 21h30.

Terraço. GRÁTIS. Vagas limitadas. Atendimento agendado conforme a ordem de chegada dos interessados, a partir das 18h, no local da atividade.

Livre

Bate-papos

Planetas extra-solares - Admiráveis mundos novos

Com o astrofísico Gustavo de Araújo Rojas (UFSCar)

Uma conversa sobre as recentes descobertas de planetas extra-solares, isto é, planetas que orbitam outras estrelas, e o impacto que estas descobertas têm nas perspectivas de encontrarmos vida fora da Terra. São apresentados os métodos utilizados pelos astrônomos para identificar e caracterizar estes planetas, além de uma breve introdução à astrobiologia e ao estudo da vida num contexto cósmico.

Com o astrofísico Gustavo de Araujo Rojas, doutor em Astronomia pela USP e que apresenta os programas "Céu da Semana" na Univesp TV e Paideia na Rádio UFSCar.

Dia 19, terça, das 20h às 21h30.

Sala multiuso. GRÁTIS. 14 anos

30 pessoas

Astronomia na Bandeira do Brasil

Com educadores de tecnologias e artes

Existem muitos países e estados cujas bandeiras mostram o Sol, a Lua, uma ou várias estrelas e até mesmo constelações. Mas nenhuma delas chega perto da representação existente na bandeira do Brasil. É a única bandeira do mundo a representar nove constelações numa esfera celeste. Venha conhecer as constelações presentes em nossa bandeira.

Dia 20, quarta, das 15h30 às 17h.

Espaço de tecnologias e artes. GRÁTIS. Inscrições no local e horário da atividade. 14 vagas.

12 anos

PoeirARTE

O que reservam uma parede preta e giz? Arte impermanente! O Espaço de Tecnologias e Artes apresenta o projeto PoeirARTE, no qual uma de suas paredes é ocupada por desenhos a giz de artistas com diferentes estilos. Além de apreciar uma obra diferente a cada mês, o público pode acompanhar o desenvolvimento de cada processo artístico, o desenho ganhando forma e a poeira subindo.

Intervenção

Arte ao infinito

Com Stan Bellini

Grafiteiro há 14 anos, Stan Bellini tem como inspiração o trabalho d'Os Gêmeos e seu próprio cotidiano. Já grafitou em São José do Rio Preto, sua cidade natal, e região, além de ter participado de eventos internacionais nas cidades de Joinville, Porto Alegre, Macaé, Salvador, Quito (Equador) e Bogotá (Colômbia). Acompanhe ao vivo o processo de criação de sua obra em giz no PoeirARTE deste mês, que tem como tema as constelações conhecidas no mundo ocidental.

Trabalho em processo: Dias 9 e 10, sábado e domingo, das 13h30 às 17h30.

Exposição: De 12 a 31. Terça a sexta, das 13h30 às 21h30.

Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h.

Espaço de tecnologias e artes. GRÁTIS. Livre

Cinema e Vídeo

Nostalgia da Luz

FRA/ALE/CHI, 2010. Cor. DVD. Dir.: Patrício Guzmán. 90 min. Documentário

No deserto do Atacama, no Chile, a três mil metros de altitude, astrônomos tiram proveito da transparência do céu para explorar galáxias longínquas em busca de vida extraterreste. Paralelamente, arqueólogos estudam múmias e outras relíquias pré-colombianas, enquanto um grupo de mulheres procura os corpos de seus parentes desaparecidos durante o período da ditadura militar no país sob o regime de Augusto Pinochet. Bate-papo após o filme com os educadores de tecnologias e artes.

Dia 26, terça, às 19h30.

Teatro. GRÁTIS. Retirada de convites no dia da atividade. 14 anos

269 lugares

--

Foto: DivulgaçãoBRASILEIRO QUE NEM EU

22 a 25/09

Quilombos do Vale do Ribeira - Eldorado (SP)

A região do Vale do Ribeira no estado de São Paulo congrega vários grupos remanescentes de quilombos. O roteiro permite uma imersão na cultura brasileira de raiz africana, por meio de visitas às comunidades de Ivaporunduva, André Lopes e Sapatu, além de conhecer cachoeiras, percorrer trilhas, acompanhar o preparo de comidas típicas e aprender a ler e interpretar o patrimônio histórico-cultural atual com os Griôs, percebendo a diversidade cultural geral e específica das comunidades quilombolas. Destaque também para as manifestações culturais, como música e dança tradicionais, artesanato, preparo de farinha e que podem ser vivenciadas. Hospedagem na pousada localizada no Quilombo de Ivaporunduva.

Início das vendas em 7/07

--


Foto: DivulgaçãoMOSTRA DE REPERTÓRIO

Cia. Cabelo de Maria

Um grupo de música regional brasileira criado em 2007 por Renata Mattar e Gustavo Finkler, para compartilhar uma pesquisa musical, voltada ao resgate de canções da tradição popular brasileira. A Cia. Cabelo de Maria lançou discos como Cantos de Trabalho (Selo Sesc), que registra as músicas cantadas por diferentes comunidades durante o trabalho em mutirão, e São João do Carneirinho (Pôr do Som), que apresenta ao público infantil canções do Rei do Baião, Luiz Gonzaga.

ESPETÁCULOS

POIN - Pequena Orquestra Interativa

Esta apresentação convida o público a interagir com o grupo em um passeio musical que mistura a música dos bálcãs, o klezmer, valsas malucas e música cigana com ritmos contagiantes no espírito do carnaval.

Dia 9, sábado, às 16h.

Área de convivência externa. GRÁTIS

Livre

PING PONG

Compostas especialmente para os pequenos, as músicas deste espetáculo agradam a família toda e contam histórias como as peripécias de uma centopeia manca; a mania de inventar ventos da pequena Mariana Ventania; as manobras incríveis do aviador Joãozinho... As crianças são convidadas a participar cantando, dançando e produzindo ritmos do início ao fim.

Dia 16, sábado, às 16h.

Área de convivência externa. GRÁTIS

Livre

IMBALANÇA EU CAIO

Canções cheias de encantamento sobre os mistérios das águas: marinheiros, barcos, sereias, pescadores e criaturas do mar. No repertório, ritmos tradicionais brasileiros como baianás, congadas, guerreiros, fandangos e carimbós.

Dia 30, sábado, das 16h às 17h

Área de convivência externa. GRÁTIS.

Livre

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias