Menu
sexta, 05 de março de 2021
Entretenimento

TVE São Carlos homenageia Taviano e Tavares, dupla caipira das antigas

28 Set 2016 - 05h58
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

A TV Educativa de São Carlos, através de um especial do programa Moda de Viola, prestou uma homenagem a Taviano e Tavares, dupla que fez história com a gravação de apenas sete LPs - vídeo disponível no youtube (pesquisar: TVE Taviano e Tavares - é o primeiro resultado que aparece). O programa Moda de Viola, da TVE São Carlos (canal 12 da Net ou 48 em UHF), vai ao ar toda quinta-feira, das 19h20 às 19h50.

Além de dados biográficos de Taviano e Tavares, tem vídeos da dupla cantando as músicas: Prato do Dia, Verdade da Vida, Berço de Espinhos, Canoeiro, e Amor Sincero; além de Zé do Cedro e João Pinheiro (Fazenda Morajuba), e Liu e Léu (Cabo Mesquita). Tem ainda a declamação, por José Angelo, da letra de Velho Pouso de Boiada.

Atenevil Victor de Oliveira, o Taviano, que antes era o Zé Negrão, nasceu em 26/01/1943. Sebastião Pereira Tavares, o Tavares, nasceu em 12/02/1938. O Taviano em Tanabi e o Tavares em Nipoã, duas cidades distantes menos de 40 km entre si, na região de Rio Preto, interior de São Paulo.

Trabalhando em lavoura de café, as duas famílias se tornaram vizinhas em Barra Mansa, área rural do distrito de Ibiporanga, em Tanabi. O destino deu o seu jeito para formar a dupla, que começou a cantar em festas e bailes daquela região.

Em 1970, a dupla já morava em Rio Preto e usava o nome artístico de Tavares e Zé Negrão. Como ainda não dava para viver só de música, Taviano era caminhoneiro e Tavares era pedreiro.

Cantando o cururu Canoeiro, Tavares e Zé Negrão ganharam um festival de música sertaneja em Araraquara, em meados da década de 70. No LP desse festival, lançado em 1977, com o título de As Mais Belas Canções Sertanejas, Tavares e Zé Negrão gravaram duas faixas: Canoeiro e Rio de Lágrimas.

E como prêmio por ganhar o festival, Tavares e Zé Negrão gravaram o seu primeiro LP, pela RCA, em 1977. No segundo LP, pela K-TEL em 1979, é que mudaram o nome artístico para Taviano e Tavares. Depois de outro LP pela K-TEL, lançaram outros quatro pela Tocantins, o último em 1986, totalizando sete LPs de lançamentos, em cerca de 20 anos de carreira.

No início dos anos 90, Taviano ficou doente. Faleceu em 30/03/1993, com apenas 50 anos de idade. Tavares cumpriu a agenda de shows com seu irmão Paulo, e em seguida deixou de cantar. Tavares faleceu em 17/06/1999, com 61 anos de idade.

Na foto, ao lado, o Tavares aparece à esquerda, tocando violão, e à direita o Taviano, a primeira voz da dupla, tocando viola. 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias