Menu
quinta, 04 de março de 2021
Entretenimento

TVE São Carlos homenageia Jacó e Jacozinho, a dupla favorita de Chitãozinho e Xororó quando crianças

24 Ago 2016 - 05h57
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

A TV Educativa de São Carlos, através de um especial do programa Moda de Viola, prestou uma homenagem a Jacó e Jacozinho, uma famosa dupla caipira das antigas - vídeo disponível no youtube (pesquisar: TVE Jacó e Jacozinho - é o primeiro resultado que aparece). O programa Moda de Viola, da TVE São Carlos (canal 12 da Net ou 48 em UHF), vai ao ar toda quinta-feira, das 19h20 às 19h50.

Além de dados biográficos de Jacó e Jacozinho, tem vídeos da dupla cantando as músicas: Terra Bruta, Cavalo Enxuto, e Disco Voador, mais Gilberto e Gilmar (Empreitada Perigosa), Antonio Grande e André (Centelha Divina e O Cacho de Banana), Amado e Antonio (O Corintiano) e Cezar e Paulinho (Cavalo Preto). Tem ainda a declamação, por José Angelo, da letra de Chico Mulato.

A dupla Jacó e Jacozinho teve quatro formações, sempre com dois dos sete filhos homens de Gabriel Jacob, o Jacó da Viola, um catireiro paranaense.

A primeira formação, com Benedito e Amado, teve curta duração, com a gravação de apenas dois discos de 78 rotações, em 1962 e 1964. Aí Antonio entrou no lugar de Benedito e, assim, a segunda dupla Jacó e Jacozinho gravou o primeiro LP em 1965 e se firmou como uma das mais tradicionais da música sertaneja.

Os dois irmãos nasceram em Assis, interior de São Paulo. Antonio Jacob, o Jacó, em 20/02/1939, e Amado Jacob, o Jacozinho, em 13/10/1944. Consta que era comum um deles ser trocado por outro irmão em shows e até em disco, principalmente por Pedro, o mais novo, nascido em 4/10/1948.

Jacó e Jacozinho tinham um programa de grande audiência na Rádio Nacional. Eles lotavam os circos em seus shows, que incluíam peças teatrais. Como uma das duplas recordistas de venda de discos da época, num período de 15 anos gravou mais de 20 LPs.

Em 1979, Pedro entrou no lugar de Amado, para fazer o Jacozinho. Aí surgiu a terceira formação da dupla, a que aparece na foto desta matéria.

Antonio, o Jacó, faleceu em 1981, com 41 anos de idade. Aí surgiu a quarta e última formação da dupla de irmãos Jacó e Jacozinho. Amado voltou como Jacozinho e Pedro passou a ser o Jacó. Assim gravaram, em 1982, o LP Tragédia, com a música Sete Irmãos.

Jacó e Jacozinho também se apresentavam como Amado e Antonio para cantar músicas humorísticas. Com esse nome artístico, gravaram dois LPs.

Amado, o Jacozinho, faleceu em 2001, aos 57 anos. Mas desde 1995, Pedro formara a dupla Jacó e Jacozito, com seu filho Pedro Rafael. Dupla que gravou sete CDs. Pedro, o último Jacó, faleceu em 2009, com 60 anos de idade.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias