Menu
sábado, 23 de janeiro de 2021
Entretenimento

Teatro recebe exposição “Posição das Coisas”, de Paulo Roberto Pugialli

20 Out 2011 - 11h42
0 - 0 -

O Teatro Municipal "Dr. Alderico Vieira Perdigão" irá expor até o próximo dia 6 de novembro, em seu saguão, a exposição "Posição das Coisas" de Paulo Roberto Pugialli, que faz parte da série "Plurais". O horário permitido para a visitação é de quarta a domingo das 16h às 20h.

A exposição é uma montagem desenvolvida especialmente para esta ocasião, dentro do conceito de Paulo Roberto Pugialli de "pinturas-objeto-instaladas", onde o tema tange o óbvio a nos rodear e trata do convívio nosso com as coisas, do ser humano e a civilidade.

O artista utiliza as técnicas de Estampagem, Colagem, Desenho, Pintura e Gravura, contiguamente às ações de Dobramento, Remendagem, Lixamento e Incisura, além da utilização das ocasiões físicas e plásticas ofertadas pela planta local.

A proposta da exposição inclui reflexões sobre o estado de espírito de nosso tempo, as incertezas, interpretações afetuosas e tribais do espaço na compreensão da contemporaneidade.

Antes de dedicar-se às artes plásticas/visuais, Paulo Roberto Pugialli compôs música de câmara e música para filme e teatro, foi intérprete de compositores brasileiros contemporâneos, orientador musical e restaurador/copista. Hoje desenvolve desenho, pintura, gravura, obras tridimensionais e instalações onde utiliza conceitos oriundos de sua experiência de compositor, intérprete e restaurador musical como, por exemplo, noções concernentes às propriedades físicas das ondas sonoras.

Estudou na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e no Museu da Gravura  da  Cidade de Curitiba, começando a exporem 1994. Desde então, tem apresentado sua obra em importantes instituições culturais do país, como, por exemplo, o Museu de Arte de Joinville - SC, o Conjunto Cultural da Caixa - RJ, o SESC - SP e o Palacete dos Leões - BRDE - Curitiba - PR. Participou também de eventos de importância nacional como a 10ª Mostra do Desenho Brasileiro e o 1º Salão SESC de Gravura, além de ser convidado em 1999 para a reabertura do MAC - PR. Em 1998, recebe o prêmio maior no 55° Salão Paranaense. Pugialli está representado em coleções particulares e públicas no Brasil e no exterior.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias