Menu
quinta, 15 de abril de 2021
Entretenimento

Show da dupla Rick e Renner é remarcado para o próximo domingo (14)

Show de Rick e Renner foi remarcado para o próximo domingo, dia 14 de abril, a partir das 19h, em Água Vermelha

08 Abr 2019 - 19h11Por Da Assessoria de imprensa
Show da dupla Rick e Renner é remarcado para o próximo domingo (14) - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O show da dupla sertaneja Rick e Renner, programado para encerrar a 17ª Festa do Milho de Água Vermelha neste domingo (7/4), foi cancelado na última hora devido à chuva e o vento forte que atingiu o distrito. A dupla Rick e Renner chegou a Água Vermelha por volta das 21h, recebeu vários fãs no camarim, porém por questões de segurança não subiu ao palco. O show foi remarcado para o próximo domingo, dia 14 de abril, a partir das 19h.

“Não poderíamos arriscar a segurança do público e dos próprios artistas. Com a chuva muitos equipamentos molharam e não era possível liga-los na energia elétrica, inclusive foi necessário desligar o gerador. Acertamos com a dupla e eles retornam no próximo domingo, dia 14 de abril, a partir das 19h. A festa foi muito boa, com uma participação muito grande da população de São Carlos e região e transcorreu sem o registro de nenhum incidente, fora a chuva forte. Nada mais justo que realizarmos o encerramento e dar a oportunidade de muitos fãs que estiveram no distrito para ver os ídolos”, disse o secretário de Esportes e Cultura, Edson Ferraz.                                                                                

Milhares de pessoas passaram pelo distrito nos três dias do evento, maior festa do milho do interior paulista.  No primeiro dia os cantores Ovelha e Perla Paraguaia fizeram o público dançar durante mais de três horas. Ovelha abriu a festa com canções que fazem sucesso até hoje. No repertório músicas como “Que “Sem Você Não Viverei”, “Ritmo do Amor”, “Meu Sonho Não Acabou” (The Great Pretender), “Porto Solidão” e “Tempestade”.

A cantora Perla Paraguaia fez os apaixonados dançarem juntinhos relembrando sucessos dos anos 80 como “Recuerdos de Ypacarai”, “Pequenina”, “Fernando”, “Mercedita”, “Paloma Blanca”, “Chiquitita”, “Guatanamera”, entre outros. As duplas são-carlenses Tiãozinho e Aladim, Fabrício Violla e Araguaia, Ronaldo Viola Filho e João Carvalho e de Dynno e Diego encerraram a primeira noite da festa.

No sábado (6) as apresentações também ficaram por conta de cantores locais como Gabriel Viola, Charles e Adriano, Os Defensores do Catira de Santa Eudóxia, Pedro Henrique e Banda e João Pedro e Zé Paulo. Apesar da chuva a população acompanhou os shows.

Já no domingo (7) a festa começou sedo, às 10h, e muita gente optou em almoçar no distrito para acompanhar a Roda de Viola e saborear diversos pratos elaborados a base de milho verde. Por volta das 17h o palco principal recebeu a Orquestra de Violeiros Amigos de São Carlos. Na sequência subiram ao palco as duplas Pedro Vitor e Mariana, Belloti e Vianna.

Este ano foram montadas 62 barracas, em duas praças de alimentação, que ofereceram diversos pratos a base do milho. As novidades foram o Caldo de mote (prato peruano), cachapa de milho, pamonha de panela, risoto de milho verde, yakisoba de creme de milho e caldo de canjica. Mais de 160 mil espigas de milho foram usadas na produção de todos os pratos.

Para Tatiane Antônio, integrante da Comissão Organizadora da Festa do Milho, o público foi maior que o esperado. “Na sexta superou nossa expectativa. No sábado foi um pouco menor devido à chuva. No domingo literalmente bombou. É uma festa para toda a família. As pessoas vêm compram aqui e muitas levam produtos para casa, ajudando dessa forma a economia do distrito”.

“Vemos famílias interia reunidas, duas ou três gerações, além de ser uma fonte de renda. Uma tradição de 17 anos que reúne corações, eu acho que é isso, o milho reúne corações”, disse Padre Max da Paróquia São Roque.

“É a primeira vez que eu participo, eu sempre ouvi falar muito bem daqui e hoje, eu resolvi conhecer, gostei bastante. Eu adoro milho, estou no lugar certo”, comemora a assistente de atendimento bancário, Josiele Crescencio.

“Todo ano a gente vem. O lugar é familiar, comida boa, bebida gelada, sempre prestigiando a festa, a gente combina com os amigos e vem aqui”, conta Paulo Cândido, vendedor.

Segurança – Pela primeira vez a Secretaria de Segurança Pública, por meio da Guarda Municipal, realizou o monitoramento remoto do evento com a utilização de oito câmeras espalhadas de forma estratégica na rua Bela Cintra. A instalação das câmeras foi viabilizada por meio de uma parceria com a ACISC e Rotary Clube. Já a Polícia Rodoviária monitorou a estrada, Rodovia SP 318, que dá acesso ao Distrito de Água Vermelha.

A Festa e organizada pela Associação de Amigos do Bairro do Distrito de Água Vermelha com o apoio da Prefeitura de São Carlos e foi oficializada através da Lei n.º 13.338, de 2 de junho de 2004, de autoria do vereador Marquinho Amaral.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias