domingo, 23 de janeiro de 2022
Uma forma de protesto

Rapper são-carlense usa a música como forma de desabafo

Rogério Marcos Albano Jr., um Mk, é cantor e compositor e lançou recentemente uma música que pode ser acessada nas mídias sociais

05 Jan 2022 - 07h37Por Marcos Escrivani
Rapper são-carlense lança música em forma de protesto: “É um desabafo” - Crédito: DivulgaçãoRapper são-carlense lança música em forma de protesto: “É um desabafo” - Crédito: Divulgação

Rap é um discurso rítmico com rimas e poesias, que surgiu no final do século XX entre as comunidades afrodescendentes nos Estados Unidos. É um dos cinco pilares fundamentais da cultura hip hop.

Em São Carlos, o cantor e compositor Rogério Marcos Albano Júnior, 27 anos, é um rapper conhecido como Mk e usa a música como forma de desabafo e protesto na luta contra o preconceito.

Há dez anos está inserido neste meio musical. Colaborador na Tecumseh do Brasil, onde atua na montagem de compressores, disse em reportagem ao São Carlos Agora que se encontrou no Rap. “Me apaixonei por este estilo musical. Com o passar dos anos, criei muito amor por este ritmo e é uma forma de colocar para fora o que sentimentos. Um protesto, uma luta contra o preconceito racial, principalmente. Me considero uma voz daquelas pessoas que não tem oportunidade para fazer publicamente um desabafo sobre as dificuldades que passamos no dia a dia”, ponderou.

NAS MELODIAS

Mk revelou que possui quatro músicas e que em todas passa o seu desabafo (em forma de protesto) em todas elas. “Na letra de cada canção estão nossas dificuldades. O conteúdo é basicamente um desabafo diante de tanta intolerância que há em nossa sociedade. Está nítido que o amor esfriou. Dificilmente a gente vê o calor humano direcionado para o próximo”, comentou.

LANÇAMENTO

Há um mês, o rapper são-carlense lançou em várias mídias sociais, a música “Opressão”, cujo tema central se relaciona com uma abordagem policial. Indagado sobre o motivo, ele afirmou que a canção é “um grito de muitas pessoas da sociedade”.

“É duro a gente ter uma arma apontada para nosso rosto. Se há um negro correndo, isso é apontado como fruto de um assalto. Mas se for um branco, é porque a pessoa é maratonista”, ponderou.

A música “Opressão” tem aproximadamente três minutos de duração e conta, segundo o rapper, uma história. Ela pode ser acessada no link https://youtu.be/NorUXYp-Uws.

FUTURO

Sobre o seu futuro no mundo artístico, Mk disse que pretende lançar este ano um álbum com 12 faixas em parceria com a Produtora Vnew Records, também de São Carlos. “Futuramente, nossa intenção é lançar vídeos”, emendou, salientando que busca o apoio de São Carlos nesta empreitada.

“Acredito que seria importante a cidade apoiar seus artistas. Trabalho para buscar um lugar neste meio e levar o nome de São Carlos para todo o país e quem sabe, para o exterior. É um trabalho árduo”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Últimas Notícias