Menu
domingo, 19 de setembro de 2021
Entretenimento

Festival de Música Sacra reúne 24 grupos neste final de semana

15 Out 2010 - 18h52

A Prefeitura de São Carlos, através da Coordenadoria de Artes e Cultura, promove neste final de semana (dias 16 e 17) o 1º Festival de Música Sacra de São Carlos (MUSA 2010) que será realizado no Teatro Municipal Dr. Alderico Vieira Perdigão.
Com entrada gratuita, a população poderá conferir a apresentação de 24 grupos (22 corais e dois grupos instrumentais) de São Carlos e de várias outras cidades do Estado de São Paulo.

A abertura do Festival será no sábado, às 16h e contará com a presença dos primeiros seis grupos. A segunda apresentação iniciará às 20h, com participação de mais seis corais. No domingo, os outros seis corais se apresentarão às 16h e o encerramento do festival será, no mesmo dia, às 20h, com a participação dos seis últimos conjuntos. No total, mais de 800 integrantes participarão do festival, entre corais e grupos instrumentais: crianças, jovens e adultos. No final de cada  concerto, todos os participantes cantarão juntos “Ode à Alegria” de Beethoven.  

De acordo com a coordenadora do festival, Luba Dodonova, “São Carlos é conhecida como uma cidade que se destaca em eventos artísticos e culturais, nos campos da dança, do teatro e da música. Agora, o município se prepara para ocupar seu merecido lugar também no festival de Canto Coral”.

Esta primeira edição do Festival de Música Sacra de São Carlos pretende proporcionar um intercâmbio cultural entre os grupos musicais e coros que mantêm em seus repertórios músicas sacras, ligadas à tradição religiosa ou à música erudita. Os grupos musicais e corais que se apresentarão no  MUSA 2010, independente da matriz religiosa, trazem em seu repertório músicas que despertam sentimentos humanos de gratidão, paz e amor. Além disso, o festival enfatizará a continuidade do apreço musical entre as gerações, pois participarão, desde crianças, no início da vida musical, até integrantes com mais de cinquenta anos de experiência no canto coral.

A coordenadora de Artes e Cultura da Prefeitura, Telma Olivieri, destacou a importância da atividade de canto coral no processo de sociabilidade, pois trata-se de uma das formas mais remotas de integração social. “Na área da música é uma atividade que está presente na maioria das culturas mundiais”, concluiu Telma.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias