Menu
sábado, 15 de maio de 2021
Entretenimento

Espetáculo campineiro "Vira Lata do Lixo" participará da abertura do Festival Contato

08 Out 2012 - 16h39
0 - 0 -

O espetáculo "Vira Lata do Lixo", participará da abertura do CONTATO Festival Multimídia Colaborativo, se apresentando no Teatro Florestan Fernandes - UFSCAR (Rodovia Washington Luís, SP-310, km 235 - São Carlos) , no dia 15 de outubro, às 20h. Entrada gratuita.

Este espetáculo que envolve dança contemporânea, aéreos circenses, crítica social e ecologia conquistou largo público por onde passou em 2009, 2010 e 2011. Foi contemplado pelo ProAC (Programa de Ação Cultural) do Governo do Estado de São Paulo - para sua concepção e montagem - e pelo FICC (Fundo de Investimentos Culturais de Campinas), em 2009, volta com nova temporada de apresentações em 2012 através do prêmio-edital ProAC Circulação 2011.

Após belíssima participação na Mostra "O Lixo", em Assis, e de passar por Piracicaba, Mogi Mirim, Araraquara, Campinas, São Paulo - com um público de quase 900 crianças -, vem a São Carlos para participar deste importante Festival.

O CONTATO Festival Multimídia Colaborativo, é realizado de 15 a 21 de Outubro em São Carlos pela Universidade de São Carlos e demais parceiros da cidade. Com um público médio anual de 20 mil pessoas, o Festival possui mais de 30 atrações gratuitas ao longo de 7 dias de programação. Tem como premissa estimular iniciativas culturais de produção, distribuição e exibição independente, trazendo a São Carlos representantes de todo o Brasil que atuam sob esta ótica.  Assim atua-se nas frentes musical, audiovisual, artes digitais e performances. Desde 2010 o CONTATO integra o Calendário Oficial de Eventos de São Carlos, assim como a Associação Brasileira de Festivais Independentes (ABRAFIN), assumindo em 2011 a Direção Institucional da Associação.

 Ainda em 2012 o espetáculo "Vira Lata do Lixo" percorrerá o estado através do edital "Projetos Locais", em várias unidades do SESI SP e através do Projeto "Cultura é Currículo", uma parceria entre o SESC SP e a Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), com apresentações dedicadas  a  jovens e crianças de várias escolas públicas. Assim, o espetáculo ainda percorre Araraquara, Rio Claro e Botucatu.

 Concebido e interpretado por Ló Guimarães, o espatáculo narra, através do corpo em movimento, a história de uma moradora de rua que consegue vencer a angústia proporcionada pela miséria ao inventar para si uma nova realidade.

A personagem "Vira Lata" ao ser descartada por sua sociedade, foi jogada no lixo. Superando essa condição, traça um percurso que vai da solidão, ao esplendor de todo seu potencial de construção e de descoberta de "novos caminhos"; de sua humanidade e de seus sonhos; da transformação e transcendência de sua condição real - através de seu vôo na imaginação - num momento de êxtase e plenitude. Neste momento etéreo o público também "é convidado a voar" com esta personagem.

         Ao ganhar vida, a trajetória do corpo e da voz desta Vira Lata revela seus sonhos mais íntimos, ao reconhecer - se como ser humano - único e livre -, potencializando sua capacidade do belo e do sublime e possibilitando ao espectador identificar-se com sua própria expressão; Despertando, também nele, seus desejos.

Cômico, sem deixar de ser profundo e reflexivo, o espetáculo contém uma mensagem universal: a da superação e transcendência frente às adversidades.

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias