Menu
quarta, 21 de abril de 2021
Entretenimento

Com atividades gratuitas, Sesc anuncia o "Especial - São Carlos 160 Anos"

02 Nov 2017 - 08h05Por Redação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

No dia 4 de novembro, sábado, São Carlos completa 160 anos e, para comemorar, a Prefeitura Municipal e o Sesc realizam show com Alceu Valença. O show é gratuito e para toda a população são-carlense e integra uma extensa programação que acontecerá durante todo o mês de novembro.

O show será às 20h. Praça do Mercado Municipal e é gratuito e Livre.

Mas a programação especial do Sesc não termina por ai.

Até o dia 8, quarta-feira, serão realizadas ações para a cidadania, espetáculos infantis e para adultos e shows musicais. Tudo gratuito. A programação é a seguinte:

GRACIAS, VIOLETA!

Há 100 anos, Violeta Parra nascia em San Carlos (Chile), município que tem como padroeiro o mesmo São Carlos Borromeu que nomeia sua homônima brasileira, a nossa cidade de São Carlos. Cantora e violonista desde os 9 anos de idade, Violeta celebrou em sua obra as tradições campesinas do Chile, resgatando heranças folclóricas e reafirmando seu valor artístico. Além de seu trabalho musical, realizou pinturas, esculturas e arpilleras, tradicional técnica andina de bordado. Foi a primeira mulher latino-americana a receber uma exposição individual no Museu do Louvre (Paris).

Show

Gracias, Violeta!

Os músicos são-carlenses Jes Condado, Kelly Agnes, Mih Marchetti e André de Souza dão 'gracias a la vida' em homenagem a Violeta Parra, em um show inédito, concebido especialmente para celebrar o centenário de nascimento da cantora, compositora e artista visual sancarlense. Participação especial de Juan Toro Castilho. A banda também é composta por Thiago Carreri (guitarra e violão), Bruno Bernini (bateria e cajon), Ricieri Nascimento (baixo) e Murilo Barbosa (piano e direção musical). Concepção: Paulo Mancini.

Dia 3, sexta, às 20h.

Teatro. GRÁTIS. Retirada limitada a 2 ingressos por pessoa, com 1h de antecedência.  269 lugares. 12 anos.

Exibição

Violeta foi para o Céu

Argentina. Brasil. Chile. 2012. COR. BLURAY. Direção. Andrés Wood. Duração: 110min.

Conta a trajetória da compositora, artista e cantora chilena Violeta Parra. Esta biografia não segue uma linha cronológica, focando-se em diversos momentos da vida de Violeta, como sua infância na província de Ñuble, sua viagem pelo interior do Chile, as visitas à França e à Polônia, além do romance com o suíço Gilbert Favre. O filme é intercalado com trechos de uma entrevista que Violeta Parra deu à televisão em 1962.

Dia 5, domingo, às 17h30.

Teatro. GRÁTIS. Retirada de convites com 1h de antecedência. 269 lugares. 12 anos.

DA GENTE DAQUI

Uma programação que celebra a produção musical da cidade.

Foto: Divulgação

Stranhos Azuis

Power trio formado em 2006 na cidade de São Carlos/SP, a banda é composta por músicos experientes naquilo que se propõem a fazer: rock and roll. Com muitas influências setentistas aliadas a elementos do rock atual, os Stranhos Azuis fazem um rock hoje chamado por especialistas de "stoner rock". O seu atual show apresenta músicas deste seu último e recente album que leva o mesmo nome da banda mesclando alguns covers clássicos de grandes bandas nacionais e internacionais.  A apresentação é dinâmica, passando por momentos enérgicos quando como tocam a música de abertura "Acordar pra vida" e outros um pouco mais tranquilos quando são tocadas baladas como a faixa "Pedras no caminho". Um prato cheio pra quem gosta de rock feito da forma mais sincera possível.

Com Danilo Zanite, Daniel Dellelo e Luciano Matuck.

Dia 5, domingo, às 16h.

Galpão. GRÁTIS. Lugares limitados. Livre.

CRIANÇAS

Foto: Divulgação

Espetáculo

Do Barro de Manoel

Com Teatro de Senhoritas

Inspirada na obra do poeta sul-matogrossense Manoel de Barros, a performance apresenta poemas ao público através de leituras, récitas e mídias tecnológicas. Um cortejo de músicos e atrizes se espalha pelas redondezas incorporando figuras do universo poético do autor.

Dia 4, sábado, às 16h

Galpão. GRÁTIS. Lugares limitados. Livre

AÇÕES PARA A CIDADANIA

Foto: Divulgação

Kalapalo do alto Xingu: apresentação e oficina de jogos e brincadeiras

Falantes da língua karib, os Kalapalo vivem no Parque Indígena do Xingu, no Mato grosso. Somam hoje perto de 500 indivíduos, mas já chegaram a ser bem poucos, devido principalmente às doenças advindas do contato com não indígenas. Estão em duas aldeias principais (Haya e Tanguro) e em alguns outros pontos com menor concentração de habitantes (Caramujo, Pedra e Paraíso). Plantam mandioca e pescam, muito mais do que caçam, sendo que sua alimentação se constituem principalmente de peixe, beijú e outros produtos da mandioca brava, além de pequi, mel e frutos do cerrado e mata.

Esta intervenção terá a participação de 20 integrantes da etnia Kalapalo, homens e mulheres, habitantes da aldeia Ayha no Alto Xingu. Apresentam suas danças e de partes do ritual Yawari, usando sua indumentária original, trazida por eles da aldeia. Além de demonstrações de jogos e brincadeiras e pintura corporal.

Dia 8, quarta, das 15h30 às 16h30 e das 17h às 18h.

Galpão. GRÁTIS. Livre

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias