Menu
domingo, 25 de outubro de 2020
Entretenimento

Acervo de fotografias e Sumi-e são expostos no Centro Cultural

23 Set 2009 - 13h55Por Redação São Carlos Agora
Fazendo parte da 14ª Semana de Arte e Cultura da USP, o Centro Cultural estará abrindo as exposições de obras de seu Acervo Fotográfico e quadros de Sumiê, de professores da Sociedade Brasileira de Bugei – São Paulo, no próximo dia 24 de setembro, quinta-feira, a partir das 18 horas.

O evento vai contar com a participação do músico Rogério Bastos (voz e violão).
Visitação: de 25 de agosto a 18 de outubro, de 2ª a 6ª feira, das 9 às 18h, sábado, domingo e feriado, das 9 às 12h e das 14 às 18h.

As mostras

A primeira exposição do Centro Cultural foi realizada em outubro de 1989, pelo Iris Foto Grupo, na época liderado pelo fotógrafo Paulo Pires. Nessa oportunidade, Amílcar Careli César, membro do Iris, doou ao Centro Cultural a fotografia “Caminhando”, a primeira das muitas obras de arte doadas ao acervo, ao longo desses 20 anos de atividades.

Nesta mostra, além de “Caminhando”, serão expostos trabalhos de:
Confederação Brasileira de Fotografia
Chris Ceneviva
Dennis Brandão
Eduardo Pires - (Iris Foto Grupo)
Fabrício Caviquioli
Giovanni Gastaldi
Guilherme Lechat
Haroldo Palo Jr.
Hélio Salvagnini -  (Iris Foto Grupo)
Luciana Cattani
Luiz Angelo Bordin
Marcello de Castro Lima Jr
Mariana Ignatios
Paulo Pires - (Iris Foto Grupo)
Roberto Magalhães – Magal
Romeu Casale Filho
Vera Méo
Vicente Moscatelli (in memoriam – Iris Foto Grupo)
Vilson Palaro Júnior

Sumi-e

O termo Sumi-e, também chamado “suiboku-ga”, refere-se à pintura japonesa de tinta monocromática, uma técnica que começou na China e foi assimilada pelos japoneses no século XIV, com a ajuda de monges Zen-Budistas. Tem raízes na caligrafia chinesa; as pinceladas aprendidas na caligrafia são as mesmas utilizadas na pintura.

A filosofia da pintura Sumi-e é passar para o papel o espírito de um objeto, não existindo pretensão de criar uma obra realista. Cada traço tem de mostrar sua vitalidade e vida. Cada pincelada deve estar cheia de energia (Ki-energia vital que existe em todas as coisas).

Os principais temas relacionados ao Sumi-e são: bambus, ameixeiras, orquídeas, flores, pássaros e paisagens, não esquecendo aqueles ligados a temas religiosos como pinturas de patriarcas ou parábolas. Existe uma tendência atual de colocar cores em algumas partes da pintura, como por exemplo nas pétalas de flores.

A Sociedade Brasileira de Bugei oferece cursos regulares nesta arte, assim como em diversas disciplinas tradicionais japonesas que compõem o currículo de formação de alunos. A instituição disponibilizou as obras que fazem parte desta exposição sob a responsabilidade do Sensei Daniel Motheo, para fazer parte da XIV Semana de Arte e Cultura da USP e do aniversário do Centro Cultural.
 
(+) informações:
Tel.: (16) 3373-9106
E-mail: centrocultural@sc.usp.br

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias