Menu
terça, 22 de junho de 2021
Empregos

Indústrias criam oportunidade de trabalho para Bombeiro Profissional Civil. Curso de Formação tem a duração de 7 meses.

13 Out 2015 - 08h13
0 - 0 -

São diversos os setores que geram emprego em São Carlos e região, cidade a 238 quilômetros da Capital do Estado, com diversos municípios limítrofes que impulsionam as atividades industriais e geram emprego e renda. Mas uma profissão está fazendo falta na cidade: é o Bombeiro Profissional Civil. Os profissionais atuam em indústrias para evitar acidentes e salvar vidas.

As aulas práticas do curso acontecem no centro da cidade. Os alunos aprendem sobre primeiros socorros, combate a incêndios, resgate e salvamento. Em sete a nove meses de preparação, mais de 100 candidatos receberam instruções para atuar como bombeiro civil. A primeira turma já está quase toda empregada na cidade.

As aulas são acompanhadas por profissionais capacitados, com experiência prática e habilitados para ministrar os treinamentos.

Devido à grande procura por profissionais especializados na área, a Escola de Qualificação Profissional do Grupo Educacional IETECH está com matrículas abertas para uma nova turma de Bombeiro Profissional Civil, com 240 horas, sendo 60% de sua carga horária composta por aulas práticas, durante a semana à noite (7 meses de duração), ou opção aos sábados (9 meses de duração).

O IETECH está com algumas vagas disponíveis para duas turmas:

  • Terças, Quartas e Quintas dás 19h às 22h - Início dia 28/10
  • Sábados dás 08h às 17h - Início dia 23/01

Os interessados devem procurar o Setor de Inscrições do IETECH, e reservar a sua vaga. As aulas serão ministradas nos períodos da manhã e/ou tarde aos sábados, dependendo do tipo de treinamento (Teórico ou prático). Para empresas conveniadas, industrias e ex-alunos do IETECH será concedido desconto de 20% para formação, e 40% para reciclagem.

O salário inicial para os Bombeiros Civis, de acordo com pesquisa realizada na Catho Empregos (Ano 2015), varia entre R$2.500,00 a R$4.000,00 (dependendo da localização).

Fica instituído através da Lei Complementar nº 1257/15, o Código Estadual de Proteção Contra Incêndios e Emergências com o objetivo de sistematizar normas e controles para a proteção da vida humana, do meio ambiente e do patrimônio, estabelecendo padrões mínimos de prevenção e proteção contra incêndios e emergências, bem como fixar a competência e atribuições dos órgãos encarregados pelo seu cumprimento e fiscalização, facilitando a atuação integrada de órgãos e entidades.

Formação de Bombeiro Profissional Civil                                       

O Curso de Bombeiro Profissional Civil do IETECH é composto de programação conforme grade curricular da NBR 14.608, e possui sete etapas sequenciais de formação:

  • Mercado de Trabalho, Legislação, Normas Brasileiras, e Normas Regulamentadoras;
  • Aulas teóricas e práticas de prevenção e combate aos incêndios;
  • Aulas teóricas e práticas de primeiros socorros básicos e avançados;
  • Aula com desfibrilador e administração de oxigênio;
  • Balizamento de helicóptero;
  • Treinamento prático de combatentes;
  • Finalização em selva, montanha, rapel, busca e resgate.

Carga horária total: 240 horas

Mercado de Trabalho:

O Bombeiro Civil é peça chave no plano de emergência de qualquer empresa, ele está diretamente ligado à segurança do trabalho na empresa.

Segundo a Lei nº 11.901/2009 considera-se Bombeiro Civil, aquele que, habilitado nos termos desta Lei, exerça, em caráter habitual, função remunerada e exclusiva de prevenção e combate a incêndio, como empregado contratado diretamente por empresas privadas ou públicas, sociedades de economia mista, ou empresas especializadas em prestação de serviços de prevenção e combate a incêndio. É importante ressaltar que, o Bombeiro Civil possui uma função específica, e para isso deve ser habilitado. Observa-se que, empresas que utilizam vigilantes e/ou brigadistas como bombeiro civil, não estão desobrigadas de manter em seu quadro o bombeiro civil de acordo com a norma da ABNT.

Segundo a Norma Regulamentadora, um condomínio residencial a partir de 10mil m², com risco de incêndio alto já deve ter pelo menos um bombeiro civil em atividade, esse número aumenta conforme outros parâmetros; uma indústria ou local de armazenamento de químicos com 10mil m² de início precisa contar com quatro profissionais por turno.

A Escola Técnica IETECH é credenciada no CNBC (Conselho Nacional de Bombeiros Civis), Registro N° 550085. Consulta sobre currículo e requisitos mínimos para curso de Formação de Bombeiro Civil, ABNT NBR 14608:2007 Bombeiro Profissional Civil.

Pré-requisitos:

Idade mínima: 18 anos.

Escolaridade mínima: ensino fundamental 2 (incompleto)

Certificação

No IETECH os alunos participam do treinamento conforme a legislação e normas vigentes. O certificado e a credencial são assinados por especialistas. Os documentos emitidos aos alunos na conclusão do curso são totalmente adequados às exigências do mercado de trabalho, das legislações e das normas que regulamentam o setor de prevenção e combate aos incêndios. Todo bombeiro civil formado no IETECH é um Profissional, podendo usar o título de Bombeiro Profissional Civil, conforme a legislação federal pertinente.

O IETECH confere o certificado de conclusão do curso aos alunos que obtiverem, no mínimo, 80% de aproveitamento em cada avaliação (teórica e prática), ou seja, nota 8,0 nas provas de todas as unidades curriculares.

Matrículas e Informações

Endereço: Avenida São Carlos, 2417 - Centro - São Carlos - SP

Fone (16) 3372-6993 ou (16) 3372-0245 / Vivo (16) 99742-5950 - Claro (16) 99267-3319

www.institutoietech.com.br

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias