Menu
terça, 13 de abril de 2021
Coronavírus

Prefeitura apura denúncias de 'fura-fila' da vacina da Covid-19 em São Carlos

Lei prevê multa de até R$ 99 mil para quem não seguir a ordem de prioridade e o agente vacinador.

25 Fev 2021 - 08h35Por Redação São Carlos Agora
Vacina de Oxford - Crédito: Agência BrasilVacina de Oxford - Crédito: Agência Brasil

A Prefeitura Municipal de São Carlos vai apurar casos de pessoas que tomaram a vacina contra a Covid-19 e não estavam ligadas a grupos prioritários como idosos e profissionais de saúde. No último dia 12 de fevereiro, o Governo do Estado de São Paulo sancionou uma lei que prevê multa de até R$ 99 mil para quem não seguir a ordem de prioridade para a vacinação

Na lista a qual foi publicada no site http://coronavirus.saocarlos.sp.gov.br há nomes de pessoas que não atingiram a idade para serem vacinadas e que tomaram doses da Coronavac. Também aparecem na lista pessoas que possuem outra profissão, mas foram vacinados como profissionais de saúde.

Em nota, a secretária de saúde informou que a lista de vacinados publicada no site http://coronavirus.saocarlos.sp.gov.br/ corresponde exatamente ao registro diário e nominal  e obrigatório de aplicação das vacinas contra COVID-19 no sistema de informação denominado “VaciVida” e que os critérios adotados pela pasta para a vacinação foram baseados na Nota Técnica distribuída pelo Governo do Estado de São Paulo (Documento Técnico de 17/02/2021/ - Programa Estadual de Vacinação) aos municípios e repassada à todas as equipes de vacinação.

Reafirmou ainda a imprescindibilidade de observar rigorosamente o disposto na Nota Técnica e que se comprovada o descumprimento das normas pré-estabelecidas poderá ser caracterizar infração sanitária e ensejar responsabilização do agente público.

A lei sancionada no último dia 12 de fevereiro pelo Governo do Estado de São Paulo prevê multa de até R$ 99 mil para quem não seguir a ordem de prioridade para a vacinação contra o novo coronavírus e também para o funcionário que aplicar a dose irregularmente.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias