Menu
segunda, 25 de outubro de 2021
Colunistas

PRÓXIMA VIAGEM: O Rock'n Roll movimenta o turismo de eventos

11 Nov 2017 - 02h03Por (*) Eduardo Henrique Ferin da Cunha
Foto: Eduardo Henrique Ferin da Cunha - Foto: Eduardo Henrique Ferin da Cunha -

Recentemente, Aline e eu temos participado de alguns eventos musicais e desde então, percebi o quanto o turismo de eventos movimenta a economia. São milhares de pessoas que se deslocam de todo o país (e até do exterior) para assistirem a um show de seu artista preferido, utilizando serviços de transporte (avião, ônibus, trem, taxi), serviços de hospedagem, alimentação e compras.

Citarei três eventos que participamos nos últimos meses com considerações sobre o Turismo de Eventos. Antes, porém, vale ressaltar que essa classificação é oficial pelo Ministério do Turismo e Governo do Estado de São Paulo.

Turismo de Negócios e Eventos: compreende o conjunto de atividades turísticas decorrentes dos encontros de interesse profissional, associativo, institucional, de caráter comercial, promocional, técnico, científico e social (Lei 1261/2015)

ROCK IN RIO 2017

Para irmos ao Rock in Rio 2017, todo o processo começara em março de 2017, quando Aline, Eduardo e Gabrielle, compraram um pacote da CVC para o show do dia 23/09/2017 onde tocariam: Titãs, Incubus, The Who, Guns n' Roses. Chegado o dia, fomos os três até São Paulo de carro e de lá pegamos um voo da Gol com destino ao Rio de Janeiro.

Chegando na cidade maravilhosa, visitamos o Museu do Amanhã, nos hospedamos no Windsor Guanabara e seguimos para a cidade do rock para assistir ao show de nossa banda predileta. No evento, passeamos pela cidade do rock, lanchamos, jantamos nas mais variadas praças de alimentação e a Gabrielle ainda comprou um copo especial do evento. Assistimos extasiados a abertura do evento, os demais shows e claro, Axl, Slash, Duff e cia, entraram no palco às 00h40 para mais de 3h30 de show, deixando todos nós muito emocionados.

No dia seguinte ainda visitamos o Cristo Redentor, a Praia de Copacabana, onde paramos para almoçar em um restaurante no calçadão e os morros da Urca e Pão de Açúcar.

Percebem o quanto nós três utilizamos de serviços turístico: transporte (carro, avião e estacionamento, uber), alimentação, compras, hospedagem, serviços de guia turístico, bilhetes dos passeios.

U2 THE JOSHUA TREE 2017

O U2 tocou no Estádio do Morumbi, nos dias 19, 21, 22 e 25 de outubro e movimentou mais de 80.000 pessoas por noite. Aline e eu estivemos no show do domingo dia 22/10. Bono Vox e banda, fizeram um show com muita energia e emoção, tocando mais de duas horas os sucessos: Sunday Bloody Sunday, I Still Haven't Found What I'm Looking For, Bad, With or Without You, One e as músicas do álbum The Joshua Tree.

O show movimentou uma grande cadeia de serviços agregados. Para citar nosso exemplo:  compramos os ingressos, viemos de carro de São Carlos até São Paulo (combustível, pedágio), utilizamos o serviço do aplicativo Uber, compramos souvernirs alusivos ao U2 e ainda nos alimentamos no estádio. A única exceção fora a hospedagem, pois conseguimos ficar na casa de familiares.

JOÃO, O MAESTRO

Claro, que João Carlos Martins não é "rock n' roll" mas não poderia deixar de citar nesse artigo um magnífico show que assistimos na cidade de Santa Rita do Passa Quatro com a Bachiana Filarmônica do Sesi - SP. Fora um show espetacular e memorável, que ocorreu nas escadarias do Santuário Santa Rita de Cássia. O Maestro, além de todo carisma, demostrou seu talento e dedicação à música.

Nesse evento, fomos de carro para a cidade de Santa Rita (cerca de 80km de São Carlos) e nos alimentamos no local. Utilizamos, portanto, os serviços de transporte e alimentação.

Para finalizar esse texto, apresento abaixo uma imagem que representa as atividades do setor turístico, que citamos no decorrer do texto, comprovando assim a importância dos eventos para movimentar a economia.

Qual é a conclusão de vocês? A minha é que "rock n' roll" e turismo combinam!

Faço um convite para visitar o meu site: www.caminhosdoturismo.com.br ou acompanhar as minhas redes sociais: facebook.com.br/sitecaminhosdoturismo e instagram.com/caminhosdoturismo. Assista também aos vídeos no canal youtube.com/caminhosdoturismo.  Nelas vocês vão encontrar dicas de atrativos turísticos, hospedagem, gastronomia, enologia e eventos.  

Qual é a sua próxima viagem? Programe-se!

SOBRE O AUTOR

Foto: DivulgaçãoEduardo Henrique Ferin da Cunha, Mtb nº 0081757/SP, 41 anos, casado com Aline Finardi Luz, pai de uma menina de 17 anos, a Gabrielle. Apaixonado por viagens, vinhos, gastronomia e fotografia. Graduado em Marketing pela Universidade Paulista, pós-Graduado em Gestão de Marketing pela Unicep São Carlos; em Educação Profissional e em Gerenciamento de Projetos - Práticas do PMI pelo Senac São Paulo. Possui extensão em Gestão do Terceiro Setor, Desenvolvimento Local, Rede Social pelo Senac São Paulo e The Johns Hopkins University. Tem formação em Turismo Sustentável e Desenvolvimento Local e em Áreas Rurais pelo Centro Internacional de Formação da OIT Turim. Atua como mediador de redes sociais e agente de desenvolvimento local e em projeto de Regionalização de Turismo em 21 cidades do Estado de São Paulo. Experiência em Desenvolvimento Turístico, Marketing, Empreendedorismo, Gestão de Projetos Sociais, Rede Social, Desenvolvimento Local e Responsabilidade Social Empresarial.

 

 

 

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias