quinta, 07 de julho de 2022
Artigo Rui Sintra

O grande guerreiro otomano

17 Jun 2022 - 15h13Por (*) Rui Sintra
O grande guerreiro otomano -

É com certeza a primeira vez que me manifesto aqui sobre um filme, ou uma série televisiva, não na qualidade de crítico da sétima arte, pois nunca fui, mas sim como mero espectador com direito a uma opinião. Não, não vou falar de “Top Gun Maverick”; ao contrário, vou-me afastar das super produções de Hollywood e concentrar minha atenção em uma produção turca de excelente qualidade - “O grande guerreiro otomano” - , que nos insere na história real da formação do Estado Turco e que, segundo os responsáveis pela série "Visa fortalecer o sentimento da nação e do povo turco, ensinando ao público como o Estado turco passou a existir, através de uma combinação de história e entretenimento de qualidade”. Em suma, um apelo para que o cidadão turco entenda como nasceu o seu país, algo que é extraordinariamente inteligente do ponto de vista cultural e histórico. Sem grandes efeitos especiais, esta longa e interessante série, que se encontra em cartaz na Netflix, prima pelas interpretações, pela fotografia e pelos vários enredos que se cruzam, fazendo-nos mergulhar completamente no século XIII e na história dos muçulmanos turcos Oghuzes. A série é uma verdadeira lição de história em torno da vida de Ertuğrul (1198-1281), que foi um líder dos Kays, uma tribo de turcos oguzes originários do norte do Iran, tendo sido o pai de Osmã I, que viria a ser o fundador do Império Otomano. Guerras, traições, corrupção, lutas políticas e histórias de amor e ódio se cruzam nesta impressionante produção turca que, inclusive, nos faz entender, num contexto histórico e real, as bases do Islamismo. Totalmente filmada na vila turca de Riva, em Istambul (2014), “Dirilis: Ertugrul”, em seu título original, merece uma atenção muito especial para quem gosta de bons filmes de época baseados em fatos reais. Fica a dica.

O autor é jornalista profissional / correspondente para a Europa pela GNS Press Association  / EUCJ - European Chamber of Journalists / European News Agency) - MTB 66181/SP.

Esta coluna é uma peça de opinião e não necessariamente reflete a opinião do São Carlos Agora sobre o assunto.

Leia Também

Últimas Notícias