Menu
domingo, 13 de junho de 2021
Colunistas

Coluna de Eduardo Ferin: Redes Sociais – a quebra da estrutura hierárquica

16 Set 2015 - 12h02
0 - 0 -

Em sua opinião, qual estrutura funciona melhor: a estrutura hierárquica, com chefes e subordinados, ou a estrutura horizontal, onde não há quem manda, nem quem obedece? 

Muitas pessoas, dirão que não gostam da estrutura hierárquica e gostariam de trabalhar mais livre, mas para começar, declaro minha opinião: em uma empresa ou no próprio setor público é fundamental que exista uma estrutura hierárquica, com chefes e subordinados, e tudo mais o que decorre disso, como a tomada de decisão, por exemplo. 

Outras pessoas, dirão que em uma estrutura horizontal, onde não há quem manda e nem quem obedece, tudo vira bagunça! Nesse ponto, declaro também a minha opinião: é possível trabalhar em uma estrutura horizontal, com excelentes resultados, e sem a necessidade de chefes e subordinados, apenas de um mediador que intermedia as discussões - apenas isso - e não se torna o "chefe de tudo".

Para continuar esse artigo, ressalto que uma rede social só funciona quando há uma estrutura horizontal, onde todos os participantes se sentem livres para dar opinião, expor seus pontos de vista e desenvolver projetos que julgam importantes.

A Rede Social está aí para provar que é possível uma quebra da estrutura hierárquica tradicional, e funcionar eficiente e eficazmente, com excelentes resultados. Em minha atuação como mediador da Rede Social São Carlos e Itirapina, percebo que há efetividade nas ações da rede, quando elas são realizadas sem estrutura hierárquica. 

Trabalhar assim exige muita disposição, preparação e senso de participação, pois é preciso que essa rede se movimente e crie alternativas para a solução de determinados problemas, que são assim resolvidos, com a opinião e participação de todos os envolvidos, direta e indiretamente pelo problema. 

As informações acima são de responsabilidade do autor.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias