Menu
sexta, 21 de fevereiro de 2020
Artigo Antonio Fais

Anos Curtos

30 Dez 2019 - 13h37Por (*) Antonio Fais
Anos Curtos - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Cada vez mais, tenho ficado com a sensação de que os anos vêm se encurtando. Isso, por si só, não traz nenhuma novidade, já que a impressão é geral.

Achava que fosse coisa da idade, pois quando pequeno o Natal demorava longos 365 dias para chegar e, em anos bissextos, 366, o que chegava a fazer diferença. Agora não, o Natal vem rapidinho, demora só um ano e já já pode ser que demore menos!

Preocupou-me, no entanto, quando percebi que o tempo passa rápido também para as crianças. Pensava ser coisa só de adulto. Se não me tomarem por louco, chego até a pensar se o tempo não está encurtando de fato e não é apenas impressão.

Há pouco tempo, estávamos às vésperas do novo século, do novo milênio, que já se faz velho. Pequeno, calculava quantos dias teria no ano 2000 – seriam 14.788. Parecia demorar tanto a chegar! Mas chegou e já ficou para trás, há 7.305 dias.

Veja o ano de 2020, por exemplo, que, na prática, só começa depois do Carnaval, 21 a 25 de fevereiro. Março será um mês de trabalho, mas logo em abril há o feriado da Sexta da Paixão, dia 10, e de Tiradentes, terça, dia 21. Mal recuperados desses feriados, vem outro, logo no primeiro dia de maio, uma sexta, Dia do Trabalho.

Junho, dia 11, quinta-feira, tem Corpus Christi, junto ao Dia dos Namorados. Em julho, dia 9, quinta, para os paulistas, tem o feriado da Revolução Constitucionalista que apesar de perdemos, comemoramos. Além do que, em 24 de julho começam as Olimpíadas de Tóquio, que teremos que assistir porque será transmitida pela Globo (se fosse Record nem ficaríamos sabendo), e vai até 9 de agosto.

Acabadas as Olimpíadas, começam a propaganda eleitoral e os debates rasos que geram brigas e discussões sem fim.

Setembro, malgrado a nossa dependência econômica e política, tem o Dia da Independência, uma segunda. Vale ressaltar que estaremos em plena campanha para Prefeito, cujo primeiro turno será dia 4 de outubro e, para os Municípios que têm o segundo turno, dia 25 de outubro, que não conta como feriado, pois sempre é aos domingos, mas deve dar para ter assunto e matar o tempo.

Dia 12 de outubro, uma segunda, tem o Dia de Nossa Senhora, que também é o Dia da Criança e a Descoberta da América, em 1492. Neste clima pós-eleitoral, começa novembro e logo na primeira segunda, dia 2, é o feriado de Finados e, no dia 15, domingo, a Proclamação da República, mas o Dia da Consciência Negra, 20, cai em uma sexta.

E aí começa dezembro, um mês que quase não conta, mas saibam que o Natal e o Ano Novo serão na sexta.

Eu queria ter começado esta coluna desejando um Feliz 2020, mas não vi sentido nesse ano em particular, de Olimpíadas e eleições para Prefeito, portanto, Feliz 2021!

(*) O autor é escritor/filósofo, especialista em Aprendizagem, Linguagem e Escrita Criativa

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias