Menu
quarta, 26 de fevereiro de 2020
Coluna do Agora

Frustração na festa do MDB

16 Dez 2019 - 13h58Por Redação
Frustração na festa do MDB - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Ninguém pode negar. As festas de confraternização do MDB, antigo PMDB, são um sucesso. A militância adere pra valer. Mais de 200 pessoas participaram do evento, que consolidou a filiação do secretário de Esportes e Cultura, Edson Ferraz. Mas nem tudo são flores. A festa teve um arzinho de frustração. Primeiro: era esperada a presença do presidente estadual do partido, o deputado Baleia Rossi.

Segundo

Nesse mesmo evento, a militância esperava um anúncio de Airton Garcia. A candidatura à reeleição, o que não aconteceu. Na verdade, estavam querendo forçar a barra e Airton, político experiente que é, não aderiu ao entusiasmo de Edson Ferraz.

Quem conhece...

A candidatura de Airton Garcia, nesta atual circunstância, é uma incógnita. No momento, o político se preocupa com a plena recuperação da saúde. E, em casa, ele enfrenta a resistência da esposa, Rosária, que não vê com bons olhos, a reeleição.

Ausência

O presidente da Câmara, Lucão Fernandes, foi a grande ausência sentida na confraternização do MDB. Filiado ao partido, o vereador teve embates com a direção estadual, que lançou a Rosangela Ribeiro como candidata a deputada federal, sem o consentimento de parcela do diretório municipal.

Caminhos

Tudo indica que Lucão Fernandes bata asas para outro ninho na janela eleitoral a ser aberta em março. Sobre Marquinho Amaral, o vereador participou da confraternização do MDB, jurando amores a Airton Garcia.

Esperança

O presidente do MDB, vereador João Muller, garante que existe conversas para que Marquinho Amaral defenda o projeto Airton Garcia de reeleição. Até pouco tempo, Amaral era Netto Donato de quatro costados.

No colo

Ainda sobre o evento do MDB, fica claro que o vereador Roselei Françoso (Rede) está no projeto Airton Garcia de reeleição e, pasme, até o PC do B caminhará com o grupo político do atual prefeito.

Brincadeirinha

No governo, a brincadeira é a seguinte: esse PC do B de comunista não tem nada. Poderiam substituir do ‘C’ de comunista por ‘C’ de capitalista.

Conto

Num Legislativo dos cafundós do Judas, alguns vereadores estavam ansiosos pela venda de uma choupana no centro do vilarejo. Mas, um dos vereadores, soltou um zap para os amigos, posicionando contrariamente à venda da choupana por milhões de merrecas, a moeda oficial do vilarejo.

Conto II

Depois disso, um parlamentar, injuriado, devolveu o zap do colega: “por..., fulano, tem que aprovar essa venda. Ou você vai colocar o pé na minha ceia de Natal?”. Que bom que este caso não aconteceu por São Carlos, mas num vilarejo bem distante daqui. Qualquer semelhança com fatos parecidos à realidade local, é uma mera e simples coincidência.

Clima

Vereadores consultados pela coluna garantem: não há clima político para aprovar a abertura de crédito para a compra da Faber; alguns membros do governo, porém, garantem que existem 15 votos na Câmara favoráveis ao projeto da Prefeitura. O projeto não está em pauta, mas pode entrar em caráter de urgência nesta terça-feira, 17.

Festa

Domingo foi dia de festa para os políticos. Deonir Tofolo (PRTB) ratificou a pré-candidatura a prefeito de São Carlos. Agora, contando com o apoio do Solidariedade. O ex-secretário de Governo, Julio Soldado, é o articulador político do grupo, que conta com os ex-vereadores Dé Alvim, Freire e Maurício Ortega.

Campanha

Quem mexe os pauzinhos para fortalecer o Patriota, é o vereador Leandro Guerreiro, pré-candidato a prefeito. Nas redes sociais, ele lança uma campanha de filiação, mas dá um recado: quer distância de figurões e bundas moles.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias