Menu
segunda, 01 de junho de 2020
Amor ao próximo e solidariedade

Vítima de esfaqueamento e após sete cirurgias, marceneiro precisa de ajuda em alimentos e medicamentos

23 Mai 2020 - 11h40Por Marcos Escrivani
Gabriel, vítima de esfaqueamento, passou por sete cirurgias e perdeu 30 quilos - Crédito: DivulgaçãoGabriel, vítima de esfaqueamento, passou por sete cirurgias e perdeu 30 quilos - Crédito: Divulgação

Desde dezembro, dia após dia, Gabriel Henrique da Silva, 29 anos, marceneiro, casado com Jenifer e pai de três filhos, luta pela vida. Vítima de um esfaqueamento ocorrido em dezembro de 2019, sofreu um grave ferimento e desde então sua rotina transformou-se em constantes idas a Santa Casa. Nos últimos meses, foram sete cirurgias e na tarde deste sábado, 23, irá novamente à instituição de saúde para uma tomografia.

Devido aos altos custos para que possa buscar a recuperação plena, ele e sua mãe, a técnica em enfermagem Elisabete Ribeiro Soares, 45 anos, moram juntos e entraram em contato com o São Carlos Agora para buscar a ajuda da população. “A gente tenta caminhar com as próprias pernas, mas infelizmente não conseguimos. Ele toma um suplemento alimentar, pois perdeu 30 quilos desde o dia em que foi esfaqueado e luta para sobreviver”, disse Elisabete. “Ficou caro também, pois há medicamentos e curativos diários e está difícil. Uma amiga fez uma vakinha virtual e fez um apelo para que conseguimos uma ajuda. Por isso pedimos auxílio da população. De pessoas que possam nos dar uma força”, emendou a mãe.

O QUE GABRIEL NECESSITA

Para que possa ter conforto e qualidade de vida, Gabriel precisa de Micropore 5cm, gaze, clorexidina aquosa, Tramal (toma, pois sente muitas dores), Imosec, leite Ensure. Para que possa ter uma boa alimentação, ele necessita de frutas e legumes.

Quem puder ajudar, entrar em contato com a mãe de Gabriel pelo fone (16) 99734-5653, ou ainda dirigir-se até sua residência (na Avenida Dr. Heitor José Reali, 1425, apto 404, bl14, Condomínio Monte Azul - em frente a garagem da Suzantur).

Caso a pessoa queira doar em espécie, basta acessar a vakinha virtual pelo link https://abacashi.com/p/ajuda-para-o-gabriel.

“MENINO BOM, TRABALHADOR

Pai de três filhos, Gabriel é marceneiro e segundo sua mãe, “um menino bom, trabalhador e sem vícios”. Ele tinha uma vida normal e gostava de passeios, de ficar com amigos em alguns momentos.

Porém aos 30 minutos do dia 9 de dezembro, uma segunda-feira, a sua vida mudou. Ao passar pelo Vixe Maria, uma lanchonete, para saborear uma porção com um amigo, foi esfaqueado ao tentar apartar uma discussão.

O golpe, na barriga, foi considerado gravíssimo. Encaminhado para a Santa Casa, ficou por duas semanas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Durante uma semana teve que ficar com o abdômen aberto. Passou por três cirurgias e saiu com uma bolsa de colostomia. Teve alta no dia 25 de dezembro. Dias depois, com dores, foi internado e teve nova alta no dia 31 de dezembro.

Em casa, era medicado com antibióticos e em fevereiro deste ano, nova internação, já que o local onde estava um dreno, infeccionou. Paralelamente, constatada uma infecção no fígado e foi necessária sua transferência para o Hospital das Clinicas para a quinta cirurgia.

Desde então, Gabriel passou por novas internações e em abril, com fortes dores abdominais, após exames na Santa Casa, constatou que um pedaço do intestino estava necrosado ocorreu mais uma cirurgia e duas semanas de internação.

Na sexta-feira, 8, antevéspera do Dia das Mães, Gabriel apresentou febre alta e expelia pus da cirurgia. No dia seguinte, na Santa Casa, constatada infecção generalizada e nova cirurgia e ficou dois dias na UTI.

Nesta sexta-feira, 23, o ferimento de Gabriel voltou a expelir pus e irá para a Santa Casa onde passará por tomografia.

“Meu filho luta pela vida e já perdeu 30 quilos. Mas ele é um guerreiro. Peço a Deus que não tenha sequela e apesar dos momentos difíceis, tenho uma grande fé que sairemos juntos desta”, disse a esperançosa mãe. “Hoje moramos eu e ele apenas para que possa ter mais tranquilidade em sua recuperação. Peço a Deus e as pessoas que nos ajudem, pois passamos por momentos delicados e necessitamos de um auxílio neste momento”, enfatizou.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias