Menu
quarta, 23 de junho de 2021
Cidade

Vereador Equimarcilias Freire avalia audiência realizada nesta sexta-feira

13 Mar 2015 - 15h45
0 - 0 -

Na manhã desta sexta-feira (13), a Câmara Municipal realizou uma audiência pública para discutir assuntos relacionados ao projeto de lei de autoria da prefeitura que cria uma nova zona industrial em São Carlos. Aberta pelo presidente do Legislativo, Lucão Fernandes (PMDB), e mediada pelo vereador Equimarcilias Freire (PMDB), a audiência teve a apresentação do Estudo Técnico de Viabilidade-Alteração de Uso do Solo por Lauanna Campagnoli, secretária Municipal de Habitação e Desenvolvimento Urbano. 

Freire – que é presidente da Comissão de Urbanização, Transporte e Habitação da Câmara ao lado do secretário Lineu Navarro (PT) e de Donizetti Penha (PPS) – foi o propositor da audiência e avaliou como positiva sua realização. “Uma audiência pública tem a função de dar voz ao Legislativo, às entidades e à população interessada. A audiência foi positiva, pois a secretária tirou as dúvidas dos vereadores e da sociedade. Agindo com celeridade e acima de tudo com responsabilidade, cumprimos o regimento interno, a lei orgânica e os prazos de tramitação. Lamento apenas o não comparecimento do Ministério Público, que mais uma vez foi convidado e não enviou representante”. 

O parlamentar também comentou o encaminhamento que será dado ao projeto de lei, que transitará pelas Comissões Permanentes do Legislativo antes de ir para votação em Na manhã desta sexta-feira (13), a Câmara Municipal realizou uma audiência pública para discutir assuntos relacionados ao projeto de lei de autoria da prefeitura que cria uma nova zona industrial em São Carlos. Aberta pelo presidente do Legislativo, Lucão Fernandes (PMDB), e mediada pelo vereador Equimarcilias Freire (PMDB), a audiência teve a apresentação do Estudo Técnico de Viabilidade-Alteração de Uso do Solo por Lauanna Campagnoli, secretária Municipal de Habitação e Desenvolvimento Urbano. 

 

Freire – que é presidente da Comissão de Urbanização, Transporte e Habitação da Câmara ao lado do secretário Lineu Navarro (PT) e de Donizetti Penha (PPS) – foi o propositor da audiência e avaliou como positiva sua realização. “Uma audiência pública tem a função de dar voz ao Legislativo, às entidades e à população interessada. A audiência foi positiva, pois a secretária tirou as dúvidas dos vereadores e da sociedade. Agindo com celeridade e acima de tudo com responsabilidade, cumprimos o regimento interno, a lei orgânica e os prazos de tramitação. Lamento apenas o não comparecimento do Ministério Público, que mais uma vez foi convidado e não enviou representante”. 

O parlamentar também comentou o encaminhamento que será dado ao projeto de lei, que transitará pelas Comissões Permanentes do Legislativo antes de ir para votação em plenário. “Como existe urgência com relação à Orygen, que depende dessa votação para consolidar a vinda da indústria a São Carlos, é importante tratar esse processo com a devida agilidade e responsabilidade”, comentou.

Além de Freire e Lauanna, também compuseram a mesa Genê Catanozi, coordenador do Meio Ambiente; Francisco Maricondi Neto, diretor da Secretaria de Governo; Pedro Caballero, diretor da Defesa Civil de São Carlos; André Fiorentino, presidente do Condusc – Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e; Giuliano Cardinali, presidente da AEASC – Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de São Carlos. 

Também estiveram presente na audiência os vereadores Antonio Carlos Catharino (PTB), Roselei Françoso (PT), Rodson Magno (PSDB), Eduardo Batista (PSC), Julio Cesar (DEM), Dé Alvim (SD), Ronaldo Lopes (PT), Edson Fermiano (PR), Lineu Navarro (PT) e Walcinyr Bragatto (PV). plenário. “Como existe urgência com relação à Orygen, que depende dessa votação para consolidar a vinda da indústria a São Carlos, é importante tratar esse processo com a devida agilidade e responsabilidade”, comentou.

Além de Freire e Lauanna, também compuseram a mesa Genê Catanozi, coordenador do Meio Ambiente; Francisco Maricondi Neto, diretor da Secretaria de Governo; Pedro Caballero, diretor da Defesa Civil de São Carlos; André Fiorentino, presidente do Condusc – Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e; Giuliano Cardinali, presidente da AEASC – Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de São Carlos. 

Também estiveram presente na audiência os vereadores Antonio Carlos Catharino (PTB), Roselei Françoso (PT), Rodson Magno (PSDB), Eduardo Batista (PSC), Julio Cesar (DEM), Dé Alvim (SD), Ronaldo Lopes (PT), Edson Fermiano (PR), Lineu Navarro (PT) e Walcinyr Bragatto (PV). 

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias