Menu
sexta, 04 de dezembro de 2020
Evento online

USP São Carlos e Universidade Federal do Pará promovem Workshop Smart City Canaã dos Carajás: desafios e perspectivas

29 Out 2020 - 13h06Por Redação
USP São Carlos e Universidade Federal do Pará promovem Workshop Smart City Canaã dos Carajás: desafios e perspectivas - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Apresentar à sociedade as ações do projeto de implantação e gestão de uma plataforma de cidades inteligentes baseada em internet das coisas para o município de Canaã dos Carajás, no Pará. Esse é o objetivo de um workshop online que acontece nos dias 4 e 5 de novembro, a partir das 17 horas. 

O evento será inteiramente remoto, gratuito e transmitido pelo canal no YouTube da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa). A iniciativa está vinculada à rede nacional Inteligência Artificial Recriando Ambientes (IARA), que é coordenada pelo professor André Carvalho, vice-diretor do Instituto de Ciências Matemática e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, e tem o apoio do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI)

O projeto que será implementado em Canaã dos Carajás é fruto de um convênio estabelecido pela Universidade Federal do Pará (UFPA), pela Prefeitura Municipal de Canaã dos Carajás e pela Fundação de Amparo e Desenvolvimento de Pesquisa (Fadesp), e será coordenado pelo professor Renato Francês, do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da UFPA. A iniciativa contempla a instalação de dispositivos baseados em internet das coisas (IoT), como drones e sensores, passando por melhorias na infraestrutura de telecomunicações até a aquisição de uma estrutura de computação de alto desempenho e um data center para a cidade.

Essas ações possibilitarão aprimorar a qualidade de diversos serviços oferecidos à sociedade em áreas como a da saúde pública, por meio do monitoramento de doenças negligenciadas, da expansão da telemedicina, de sistemas que possibilitem uma segunda opinião médica e de aplicações em cuidado domiciliar. Já em segurança pública, serão disponibilizados sistemas de videomonitoramento por câmeras e drones e implementadas soluções de inteligência artificial. Na área de educação, será possível integrar sistemas e serviços oferecidos pela rede pública municipal e pelo Polo Universitário de Canaã dos Carajás, aprimorando as iniciativas de educação a distância. Em relação ao meio ambiente, serão aprimoradas ações de monitoramento da qualidade do ar, da água, das atividades de mineração e de outros projetos que têm potencial de poluir ou impactar a região.

Além desse projeto-piloto no Pará, a rede IARA pretende expandir suas ações para outros municípios do país. Para isso, 98 pesquisadores vinculados a 35 universidades brasileiras e 15 universidades estrangeiras se uniram a oito fundações estaduais de amparo à pesquisa, seis prefeituras municipais e nove grandes empresas. Juntos, eles submeteram uma proposta para criar um novo centro de pesquisa aplicada em inteligência artificial, atendendo a uma chamada da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e com o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br). O resultado deve ser anunciado em fevereiro de 2021.

Confira, a seguir, a programação completa do Workshop Smart City Canaã dos Carajás: desafios e perspectivas.

Quarta-feira, 4 de novembro, a partir de 17 horas

  • Abertura do evento com a participação do prefeito de Canaã dos Carajás e do reitor da UFPA.
  • Apresentação do projeto Smart City Canaã dos Carajás – Professor Renato Francês (UFPA).
  • Apresentação do projeto IARA – Professor André Carvalho (ICMC/USP).
    • Haverá a participação das empresas Intel, Ericsson, FCA, Splice e Vale.

Quinta-feira, 5 de novembro, a partir de 17 horas

  • Apresentação das primeiras aplicações em Canaã dos Carajás – Professor Aldebaro Klautau (UFPA).
  • Painel 1: O papel da sociedade no processo de definição das prioridades da cidade.
  • Painel 2: O papel das Instituições Federais de Ensino Superior que atuam na região na construção coletiva do projeto – Reitores da Unifesspa e do IFPA e vice-reitor UFPA – mediador: professor João Weyl.
  • Encerramento: apresentação do laboratório de inovação ONOVOLAB.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias