Menu
sexta, 05 de março de 2021
Cidade

UPA do Santa Felícia fecha as portas por falta de médicos

23 Jan 2017 - 21h07
UPA do Santa Felícia fechou as portas por falta de médicos. (foto arquivo) - UPA do Santa Felícia fechou as portas por falta de médicos. (foto arquivo) -

Usuários que procuraram a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Santa Felícia no começo da noite desta segunda-feira (23) encontraram uma situação inusitada. Há um aviso na porta informando que a unidade está fechada para o atendimento por causa da falta de médicos.

O cartaz pregado na porta informa as pessoas para que procurarem atendimento outras unidades de saúde da cidade e também na Santa Casa, o que deve sobrecarregar ainda mais o sistema de saúde do município. 

Vários leitores entraram em contato com o SCA relatando o descaso. 

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada para o local depois de ser chamada pelos responsáveis pela unidade. 

FALTA DE PAGAMENTO

O São Carlos Agora recebeu na semana passada uma carta pública de um médico plantonista do município relatando o problema que estão enfrentando. Eles estão sem salário desde novembro do ano passado.

Veja na integra a carta:

Nós, médicos plantonistas das Unidades de Pronto Atendimento do município de São Carlos, vimos por meio desta nota tornar pública a situação grave a qual estamos enfrentando.

Sem pagamento desde novembro do ano passado e buscando tentativas de negociações, simplesmente somos repetidas vezes enganados pela administração municipal com falsas datas e informações inverídicas sobre nosso pagamento. Sob a alegação por parte das autoridades municipais de ilegalidade do regime salarial vigente há anos, simplesmente não temos perspectivas de recebimento pelo trabalho realizado nesse período em que prestamos serviços à população.

Nesse contexto, com a dificuldade de preenchimento das escalas médicas diante dessa perspectiva pouco promissora, manteremos o atendimento seguindo as normas do ministério da saúde que determina um número mínimo de atendimentos por hora e retaguarda em urgências e emergências nas UPAs do município até que algum representante da administração nos de uma posição concreta sobre a situação.

Esperamos que a população compreenda a nossa situação, de muitos pais de família e trabalhadores honestos que estão sendo privados de seu salário, o direito mais básico de um trabalhador.

Veja comentário de uma leitora que precisou de atendimento na UPA

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias