Menu
sexta, 25 de setembro de 2020
Projeto apresentado

Unidade de Ensino e Pesquisa no HU é avaliado em R$ 10 mi

01 Ago 2018 - 18h37Por Redação
Unidade de Ensino e Pesquisa no HU é avaliado em R$ 10 mi - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

A equipe do Hospital Universitário Drº Horácio Carlos Panepucci da Universidade Federal de São Carlos (HU-UFSCar) apresentou na tarde desta quarta-feira, 1, para a reitora da UFSCar, Profª Drª Wanda Hoffmann, para o prefeito Airton Garcia e para os secretários municipais de Saúde, Marcos Palermo e de Desenvolvimento Sustentável, Ciência e Tecnologia, José Galizia Tundisi, o projeto arquitetônico para a implantação da Unidade de Ensino e Pesquisa do Hospital.

O projeto foi elaborado considerando as demandas das atividades de ensino, pesquisa e extensão já realizadas, bem como para atender as necessidades futuras, como as residências médica e multiprofissional em saúde, os programas de pós-graduação (mestrado acadêmico profissional e doutorado), e cursos de aperfeiçoamento e especialização profissional. Atualmente no HU são desenvolvidos 40 projetos de pesquisa em diferentes áreas do conhecimento (saúde, engenharias e ciências humanas) de instituição públicas (UFSCar, USP, UNICAMP, IFSP, UFSC, UFRGS) e privada (SIENA).

De acordo com Ângela Leal, superintendente do HU, o projeto foi orçado em R$ 10 milhões já contando com os equipamentos. “A nossa vocação é a formação de profissionais da saúde e a produção de novas tecnologias, sendo vanguarda em tecnologia da saúde. Vamos apresentar o projeto no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, da Educação e nas agências de fomento. A nossa intenção é que São Carlos se torne um polo de tecnologia voltado para a saúde”, relata Ângela Leal.

Para a reitora da UFSCar a implantação de uma Unidade de Ensino e Pesquisa significa a expansão da área da saúde. “O projeto vem ao encontro da nossa missão de formar bons profissionais e da missão do HU que é desenvolver novos conhecimentos, além de atender à população”, diz Wanda Hoffmann.

Segundo José Galizia Tundisi o projeto é viável e os recursos não são tão altos se tratando de pesquisa. “O projeto é viável. Se juntarmos as instituições públicas e privadas, o investimento de cada um se torna possível. A pesquisa e inovação na área da saúde é muito importante para o município, para estado e para o país”, comentou o secretário de Desenvolvimento Sustentável, Ciência e Tecnologia.

Os resultados de pesquisas clínicas têm sido importantes na compreensão do mecanismo de uma doença, na descoberta de novas opções terapêuticas e consequentemente possibilita o desenvolvimento de novos tratamentos. “O HU é um hospital de formação e pesquisa. Vamos fortalecer cada vez mais a relação entre o hospital e o município. Vamos, por meio da nossa regulação, encaminhar os pacientes para os estudos, atendimento especial e assim ajudamos no desenvolvimento de novas tecnologias e pesquisas na área da saúde”, afirma Marcos Palermo, secretário de Saúde.

“Tudo que for para melhorar a área de saúde nós vamos ajudar. O importante é unir forças para conseguir que esses recursos venham para São Carlos. Vamos trabalhar em Brasília para viabilizar o projeto”, garantiu o prefeito Airton Garcia.

As atividades de ensino de graduação desenvolvidas no HU também foram ampliadas com atendimento de aproximadamente 200 estudantes por ano. Nove cursos de graduação desenvolvem atividades práticas e estágios profissionais no hospital: Medicina, Gerontologia, Fisioterapia, Psicologia, Terapia Ocupacional, Educação Física, Serviço Social e Biblioteconomia. Atualmente o HU recebe também os estudantes do 5º e do 6º anos do internato do curso de Medicina da UFSCar, que permanecem a semana toda no hospital, incluindo os plantões aos finais de semana.

NOVOS LEITOS

Ângela Leal também anunciou abertura de 30 novos leitos. “Fizemos a racionalização dos custos do hospital e com isso conseguimos uma economia de R$ 2,8 milhões do recurso de reestruturação dos hospitais universitários, portanto vamos utilizar esse dinheiro para a construção de novos leitos e uma área de infraestrutura. Além disso, com os R$ 7,5 milhões que conquistamos no início do ano vamos levantar o centro cirúrgico e 10 leitos para terapia intensiva, totalizando 94 leitos”, finaliza a superintendente do HU.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias